sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Caio Gomes é o mais novo atleta STONE.

Foi firmada este mês, a parceria entre a STONE e o atleta Caio Gomes. "Estou muito feliz de poder fazer parte da equipe da STONE, tenho certeza que a parceria dará super certo" conta Caio, que completa. "Com o Centro de Treinamento da Família Buscapedra quase pronto, o ano de 2011 promete uma grande evolução. O ATLETA STONE TEM QUE SE SUPERAR!". De acordo com Gustavo Fontes, educador físico, escalador e um dos donos da STONE, a família STONE só está crescendo e tem muito o que evoluir. "É com muita alegria que a STONE termina o ano de 2010 fechando mais um apoio. Desta vez, o felizardo foi o atleta de Niterói, Caio Gomes, que com anos de dedicação conseguiu mostrar todo sua paixão pela escalada". Gustavo finaliza. "Somos muito gratos por pode fazer parte da Família Buscapedra e contribuir para evolução da escalada nacional. Aliás, família exemplar no que cerne à dedicação à escalada. Que venham as cadenas!".

Aproveitando o post, chegou nesta sexta-feira (24), véspera de Natal, a remeça de MAGNÉSIO STONE CHALK. Os pacotes de 400 gramas custam R$25 (vinte e cinco reais). Os interessados devem ligar para o telefone (21) 9413-4607, pelo email (caionikiti@ig.com.br) ou façam suas encomendas aqui mesmo no blog.

Post ao som de Rebelution - Courage To Grow.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Lançamentos da Companhia da Escalada: "Guia de Escaladas da Urca" e "Escale Melhor E Com Mais Segurança".

"Visitamos o seu blog e resolvemos escrever. Estamos divulgando as novas edições dos nossos livros de escaladas, o Guia de Escaladas da Urca (4ª Ed.) e o manual Escale Melhor e com Mais Segurança (2ª Ed.). Um pequeno release deles está abaixo. Se puder nos ajudar a divulgar essas novas edições ficamos agradecidos. Antenciosamente, Cintia Daflon"

Recém foi lançada a 4ª edição do livro Guia de Escaladas da Urca da Companhia da Escalada. Para quem não conhece a área da Urca, onde está o Pão de Açúcar, é o maior e mais tradicional centro de escaladas do País com 315 vias de escaladas mapeadas. Esta última edição do Guia da Urca traz novos mapas, croquis e fotos das escaladas no Pão de Açúcar, Morro da Urca, Morro da Babilônia e ainda a localização de diversos boulders do local. Com ele qualquer escalador, mesmo aquele que nunca escalou no local, conseguirá localizar as vias da Urca e saber de antemão o equipamento necessário em cada caso. Afinal, são 232 páginas de muita informação. O livro está à venda nas principais lojas de montanhismo do país. Os autores são Flavio Daflon e Delson de Queiroz e a primeira edição é de 1996. Mais informações em www.companhiadaescalada.com.br/livraria/guiadaurca/guiadaurca.htm.

O Guia de Escaladas da Urca chega a sua 4ª edição. Na capa: Roberto "Jamaica" no Secundo, no Pão de Açúcar. Foto: Internet.

Outro livro da Companhia da Escalada que teve uma reedição recentemente foi o manual Escale Melhor e com Mais Segurança. Escale Melhor e com Mais Segurança é um livro fácil de entender e que vai direto ao assunto. Traz informações atualizadas com centenas de ilustrações sobre equipamentos, nós, técnicas de escalada e segurança. O livro abrange todo o currículo mínimo exigido pela Federação de Montanhismo (Femerj) e pela Associação de Guias Profissionais do Rio de Janeiro (Aguiperj) para cursos básicos de escalada e por isso foi adotado como material didático em diversos cursos de escalada pelo país. Os escaladores intermediários encontrarão um capítulo dedicado as técnicas de guiada e outro sobre auto-resgate. Aqueles que estão mais avançados poderão ler sobre proteção móvel e artificial. E todos irão se beneficiar das dicas de nutrição e treinamento. É o livro perfeito para quem quer se aperfeiçoar e praticar o esporte com mais segurança. São 288 páginas, 130 fotos e 160 desenhos. Os autores são Flavio Daflon e Cintia Adriane, guias e instrutores da escola de escalada Companhia da Escalada. Mais informações em www.companhiadaescalada.com.br/livraria/escalemelhor/escalemelhor.htm.

Agradeço à Cintia e ao Flávio Daflon pela confiança e credibilidade confiadas ao blog da Família Buscapedra. Obrigado em nome de toda a Família.

Post ao som de Groundation - So Blind.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Caio Gomes encadena o "Adobe".

Na tarde da última sexta-feira (3) fiz a primeira repetição do boulder "Adobe", aberto pelo escalador brasiliense Rafinha Passos e localizado no bloco do "Rising From The Vala" na Pracinha de Itacoatiara, em Niterói (RJ). Como comentei no penúltimo post, esse boulder foi um aprendizado para mim. Precisei amadurecer minha cabeça para o fato de não precisar estar me mantando de treinar numa academia para encadenar boulders de alto nível. Por muito tempo eduquei minha mente assim - um mau que eu julguei na época ser necessário. Mas agora é diferente. Agradeço ao Luiz Andrade, Laís, ao Daniel "Olho" e ao meu irmão Pedro Gomes, pela energia e o apoio dado durante a cadena. O dia estava quente, a rocha não estava em sua melhor condição, mas como o Luiz disse: "O dia da cadena é sempre o melhor dia!". Então é isso! Em relação ao grau, pensando muito depois da cadena, acredito que seja um v10 e não v11 como eu havia divulgado no 8a.

Para fechar o final de semana com chave-de-ouro, decidi voltar no sábado seguinte para tentar a extensão do "Adobe" - ainda sem nome. Porém o tempo permaneceu quente o que não favoreceu a escalada naquele bloco. A solução foi escalar dentro da Praça, protegido pelas árvores. Naquela manhã fui apresentado à um dos boulders mais técnicos do local: uma travessia de mais ou menos 25 movimentos - sendo sua maioria numa vertical com pequenos cristais. O boulder foi aberto pelo Daniel "Olho" e pelo Matheus. Após fazer a primeira ascensão, sugiri o grau para v8 - podendo ser mais ou menos. Aproveito ao post para agradecer ao Lourival - escalador local - por me apresentar essa linha clássica e por passar uma das melhores energias de cadena que já recebi.

A energia está boa e não tem previsão para acabar.

Post ao som de Groundation - Picture On The Wall.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Release Oficial do II Climb Day na Pracinha de Itacoatiara (RJ).

Será realizado no dia 19 de Dezembro (domingo) o II Climb Day na Pracinha de Itacoatiara em Niterói (RJ). A Pracinha está localizada no bairro de Itacoatiara, um bairro residencial com aproximadamente mil habitantes. O local é frequentado por escaladores desde o final da década de 80, e hoje se tornou uma das referências de áreas de boulder em todo Brasil - totalizando algo em torno de 60 linhas, variando de v0 à v12. Em meados de 2000 foram abertos diversos boulders com uma graduação mais elevada. O motivo para esse "bum" foi, é claro, a elevação do nível técnico dos escaladores locais e a vinda de escaladores de outras partes, que contribuíram para a abertura de novos lances.

O evento, que chega à sua segunda edição, contará com a presença de escaladores de todo Estado do Rio e de outras partes do Brasil. O intuito do festival é promover um encontro entre a comunidade dos escaladores com o local, além, é claro, de apresentar o esporte para os moradores do bairro. Serão reativados boulders antigos e algumas coisas novas também para os que comparecerem. O evento contará com uma novidade! Neste ano, haverá "boulders coringas" que ninguém saberá quais são. Caso algum deles seja encadenado, soará uma corneta e haverá uma simbólica premiação. Lembrando que os boulders poderão variar do v0 ao v12. Ainda haverá uma premiação caso algum projeto do local seja encadenado. Segue abaixo o cronograma do II Climb Day na Pracinha de Itacoatiara:

Domingo, 19 de Dezembro de 2010.

8h00: Início do Multirão de Limpeza da Pracinha. Neste primeiro momento, será feito um trabalho para recolher o lixo que esteja no local para que possamos começar bem o evento. Lembrando que esse trabalho será de voluntários, você não será menos bem-vindo por não participar. Essa iniciativa será para mostrar que nós escaladores, que também frequentamos o local, nos preocupamos com a manutenção da Pracinha.

9h00: Palestra sobre a setorização do Parque Estadual da Serra da Tiririca (PESET). Além da palestra, teremos uma pequena confraternização antes da galera colocar o dedo para jogo nas agarras dos boulders da Pracinha.

10h00: Como o evento contará com pessoas leigas na modalidade Boulder, será realizada uma pequena demonstração de como se fazer uma boa segurança para quem estiver escaladando. Segurança é fundamental em qualquer esporte.

Contamos com a presença de todos vocês. Saibam que o sucesso desse evento depende apenas da comunidade escaladora e acarretará em muitos outros eventos deste esporte neste local. Podem vir e se divertir à vontade, porque...

A PRAÇA É NOSSA!

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Entrevista com o Campeão Brasileiro de 2010: Eric Teles.

Graças ao advento do Messenger, pude, na tarde desta seguda-feira (29) bater um papo com o Bi-Campeão Estadual do Rio de Janeiro (09/10) e, agora, Campeão Brasileiro 2010: Eric Teles. Eric é um amigo que conheço há quase dez anos e sei o quanto ele é dedicado aos treinos. Natural de Nova Friburgo - cidade na região serrana há 100 km do Rio -, Eric treina no muro da Planeta Vertical, do amigo Leandro Nogueira. Confiram a seguir o bate-papo:

Eric se preparando para competir. Foto: Bruno Senna.

Fala Sr. Eric! Primeiramente quero te parabenizar por esse ano maravilhoso, repleto de conquistas. Você consagrou-se Campeão Brasileiro de 2010 no último sábado (27), quando ganhou a única etapa do ranking nacional disputada no ginásio de escalada Rokaz, em Belo Horizonte (MG). Conta para gente como foi essa experiência toda.

Fala Sr. Caio! Eu fui para BH confiante. Sabia que o Cesinha (César Grosso - SP) e o Felipinho (Felipe "Pikuíra" Camargo - SP) não disputariam esse campeonato. Daí as coisas já seriam menos complicadas. Mas me enganei. Quando cheguei na Rokaz, vi que o nível da galera de lá está muito alto. Muitos escaladores encadenaram a via classificatória e a semi-final. Não é pra menos, os caras têm a Serra do Cipó no quintal de casa para brincar (risos). Sem dúvidas, tive naquele sábado o meu melhor dia de escalada. Apertava as agarras com confiança, fazia os movimentos confortáveis, focado. Acho que se o Cesinha e o Felipinho fossem, a briga ia ser boa.

Eric na super-final cotada em 9c. Foto: OPA.

O momento mais emocionante da competição, segundo alguns presentes, foi a super-final disputada entre você e o Jean Ouriques - atleta da Rokaz. O Jean mostrou estar muito bem, já que no penultimo final de semana, ele consagrou-se campeão da Copa Conquista de Boulder, ganhando de fortes escaladores como o Rafinha Passos (DF), André "Belê" Berezoski (SP) e o próprio Felipinho.

Pois é. De cara vi que o Jean seria meu principal adversário. Na via da final, cotada em 9b, ele mandou meio torado. E na super-final, que eu acredito estar na casa do décimo grau, eu me afobei no último movimento. Talvez se tivesse balançado o braço mais um pouco, teria chance de encadenar a via. A minha sorte foi que logo depois o Jean entrou para escalar e se complicou num lance na saida do teto e ficou por lá mesmo.

Sei que você tem uma resistência ótima. Sofro quando vou treinar com você e com Leandro no muro da Planeta Vertical. Fico com os braços empedrados por dias com aqueles circuitos de 60, 70 até 100 movimentos em negativos fortes e teto. E com os estaduais no Rio sendo disputados em boulder, você focou seu treino mais em boulder esse ano. Como foi essa adaptação para disputar o Brasileiro de dificuldade? E agora quais são seus objetivos para esse finalzinho de ano?

Treinei resistência duro 15 dias. Depois do circuito de boulder estadual, me dediquei aos treinos de resistência. Mas como você disse, já tenho uma bagagem de resistência boa. Para o final do ano, pretendo treinar mais um pouquinho e partir para os boulders da Pracinha de Itacoatiara no II Climb Day. Acompanho as suas notícias aqui no blog e sei que tem alguns boulders novos. Se bem que nem os antigos eu conheço direito, afinal, fui apenas duas vezes na Praça e não pude escalar o suficiente.

Eric na via da final cotada em 9b. Foto: Bruno Senna

É isso aí, Sr. Eric! Pode chegar aqui que você vai se divertir bastante. Foi um prazer bater esse papo contigo e, mais uma vez, parabéns pelos títulos. Abraços!

Valeu Sr. Caiô! Dia 19 estou ai na Pracinha. Abraços!

Post ao som Groundation - Prasing.

sábado, 27 de novembro de 2010

Adobe: um aprendizado.

Há duas semanas venho me dedicando à um novo boulder na Pracinha de Itacoatiara: "Adobe". O boulder consiste em 8 movimentos sendo o segundo um move muito esticado - mais de 1,5m com certeza. O "Adobe" foi aberto em novembro deste ano pelo escalador brasiliense, Rafinha Passos. Rafinha, em um primeiro momento, graduou o boulder em v10/11. Por ser uma variante do boulder "Tijolão", Rafinha batizou o boulder de "Adobe", que é um tipo de tijolo.

Tipo de tijolo Adobe, que dá nome ao novo boulder na Pracinha de Itacoatiara. Foto: Internet.

Como dito anteriormente, venho me dedicando à esse boulder. No sábado passado (20), entrei pela primeira vez sério - há semanas atras, arrisquei uma entrada mas sem sucesso. Neste sábado (27) achei que ia encadenar, mas arranquei as pontas de dois dedos da mão esquerda e o estilo das agarras (abauladas) não permitem o uso de esparadrapos. Porém nas tentativas de hoje cai após a mão escapulir indo para a última agarra antes do domínio - considerado muito tranquilo. O dia não era dos melhores. A chuva que caiu na noite da última sexta (26) não secou totalmente e a pedra ficou com o grip prejudicado.

Caio Gomes tentando o boulder "Adobe". O boulder recebeu apenas uma cadena. Foto: Pedro Gomes.

Em relação ao grau, acho que deva se tratar de um 11 mesmo. Se comparado com outros v10 que ja mandei e tentei, esse aparenta ser mais dificil. Após mandar, aguardarei mais repetições para a confirmação do grau. Vou passar mais uma semana pensando integralmente nesse boulder. Mas está sendo um aprendizado essa escalada, estou aprendendo a lidar com ansiedade, motivação e a superação da mente. Mesmo sem estar treinando sinto que a evolução está aí, independente da resina. Mais uma vez, agradeço ao Rafinha pela visão e contribuição para mais uma linha incrível.

Post ao som de Ponto de Equilibrio - Vila Isabel (Zona Norte).

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

(Tentativa de) Entrevista: Pedro Gomes.

O atleta e caçula da Família Buscapedra, Pedro Gomes, passou por um pequeno susto no último domingo (21). Pedro sentiu fortes dores na região do abdômen e foi levado ao Hospital, onde foi examinado e medicado. Após ser diagnosticado com Apendicite, o caçula passou por uma pequena cirurgia nesta segunda-feira (22) e passa bem. Aproveitando a oportunidade, resolvi - tentar - fazer uma entrevista com o recém-operado ainda sob efeito dos fortes sedativos.

Pedro minutos antes de receber a visita de Berê. Foto: Caio Gomes.

Boa tarde Pedro, gostaria de saber como você está se sentindo após a cirurgia?

Melhor.

Que bom! Pedro, o ano está acabando. Em 2010 você se dedicou integralmente aos vestibulares conseguindo bons resultados e breve ingressará em uma faculdade. Passado o veneno dos estudos, quais são suas metas para 2011?

Escalar.

Imaginei. Você tem se destacado em algumas competições ao longo de sua carreira. Sempre foi um atleta de competição. É claro que sempre que seu pai pode, te arrasta para uma parede. Mas agora com a construção do Centro de Treinamento Família Buscapedra, você pretende voltar aos treinos com força total e se dedicar ao máximo aos campeonatos e à rocha?

"Arram".

É assim que se fala! Você deve receber alta na próxima quarta-feira (24). A enfermeira Berenice Aparecida, que está cuidando de você, disse que logo vai se recuperar. Segundo ela, a sua alimentação está sendo recheada de vitaminas e minerais e que você entrará mais forte do que entrou. Ainda de acordo com Berê - como é carinhosamente conhecida -, a sua recuperação está sendo acelerada. Já sabe a previsão para você voltar às rochas?

Não.

Mas não irá demorar, Pedrinho. Me despeço de você, te desejando melhoras em nome de toda a Família Buscapedra e que você saia logo dessa e possa fazer força com todos seus amigos nos boulders da Praça, está bem?

É.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Caio Gomes faz a primeira repetição do "Kriptonita".

Na tarde da última segunda-feira (15), feriado da proclamação da República, fiz a primeira repetição do boulder "Kriptonita" na Pracinha de Itacoatiara, Niterói (RJ). O boulder, que possui apenas 6 movimentos, está localizado no bloco do "Fiapos". Há um tempo atrás tinha visualizado a linha, mas tinha dado apenas algumas tentativas pois estava focado no "La Ola". Na semana passada, o escalador brasiliense, Rafinha Passos, realizou a primeira ascensão do então projeto e o graduou em v11. Por falar no grau, tenho dúvidas. Não sei se ele é de fato um v11. Acredito que possa ser um v10 bem forte. Mas vamos esperar mais repetições para a confirmação do grau. O niteroiense, Antônio Sérgio, está bem próximo de encadenar o boulder. Em breve teremos mais uma opinião para a consolidação. Mas independente do grau, a linha é linda, uma das mais bonitas do local.

Post ao som de Eminem - Mockingbird.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Mais uma errata.

Espero que não vire rotina esses post de errata, mas o importante é reconhecer o erro e, ainda, ter pessoas que contribuem para que o blog da Família Buscapedra tenha cada vez mais credibilidade. Graças aos amigos Antônio Sérgio e Luiz Andrade, venho por meio deste post consertar uma errônea informação dada por mim. O evento que anunciei aqui, que será realizado no dia 19 de Dezembro, não será o 1º, mas sim o "2º Climb Day na Pracinha de Itacoatiara". No ano passado já houve a realização de uma primeira edição do evento. Outra correção é que deixei de mencionar o nome do Marcelo Ambrósio, que junto com o Luiz, idealizaram e fundaram o evento em 2009. Parabéns ao dois pela magnífica atitude e à todos que estão tornando essa segunda edição possível. Obrigado à todos vocês por estarem participando ativamente da evolução da escalada em Niterói (RJ).

Post ao som de Eminem - 3 A.M.

sábado, 13 de novembro de 2010

1º "Climb Day" na Pracinha de Itacoatiara.

É com muita alegria que anuncio o 1º "Climb Day" na Pracinha de Itacoatiara, em Niterói (RJ). O evento acontecerá no dia 19 de Dezembro. As atividades começaram pela manhã. Como ainda há detalhes a serem confirmados, darei maiores informações nas próximas semanas. O "Climb Day" é uma iniciatiava independente e antiga de alguns amigos e amantes da Pracinha. Haverá sorteio de alguns brindes. Agradeço a iniciativa do Luiz Andrade, Antônio Sério e Daniel "Olho" Leal. Em breve divulgaremos aqui nossos patrocinadores. Aguardem mais informações. Até breve.

Aproveitando o post, as obras no Centro de Treinamento Família Buscapedra estão à todo vapor. Neste sábado (13) foi concluída a obra da primeira estrutura, faltando apenas a fixação das placas de compensados. No próximo domingo (14) será iniciado o trabalho para levantar a segunda estrutura. E assim caminhamos, em direção à evolução.

Post ao som de Lobão - Decadence Avec Elegance.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Valor da amizade.

Coisas boas têm acontecido. Vou aproveitar um tempo livre que tive para compartilhar essa felicidade com vocês. Para começar, o Ranking Estadual de Boulder do Rio de Janeiro 2010 chegou ao fim no último domingo (7), e meu grande amigo Eric Telles consagrou-se bi-campeão estadual. Quem conhece o Eric sabe o quanto ele é empenhado, o quanto ele é disciplinado e o quanto ele é monstro! Parabéns, meu camarada! Aproveito para dar os parabéns ao Pedrinho Soares e ao Lyno Ferraz, pelos respectivos segundo e o terceiro lugar. Mesmo abrindo mão de disputar as duas últimas etapas, eu e meu irmão ficamos empatados em 4º e 5º lugar, respectivamente, seguido pelo Antônio Sérgio em sexto.

Outra coisa maravilhosa foi poder comemorar meu aniversário curtindo o show do monstro do reggae mundial, Midnite, sexta-feira passada (5) com os amigos Lucas "Jah" Marques, Pedro Raphael e Rafinha Passos, na Fundição Progresso, Lapa (RJ). Foi uma experiência incrível. Momento de consciência e aprendizado ao som de uma benção. A vinda dos irmãos Pedrão e Rafinha, diretamente de Brasília, foi outro fato que me encheu de alegria. Por falar no Rafinha, o bicho ainda arrumou tempo para contribuir para a evolução da escalada no Rio de Janeiro. Depois de abrir os boulders na IV Etapa do Circuito Estadual de Boulder, "Simba" ainda abriu um v10/11 na Pracinha de Itacoatiara, no bloco do "Rising From The Vala", chamado "Adobe". Para fechar com chave de ouro a vinda ao Rio, o brasiliense ainda encadenou um projeto meu, chamado "Kriptonita", no bloco do Fiapos, graduado em v11 pelo escalador.


Parabéns aos campeões e à todos que participaram do Circuito Estadual de Boulder do Rio de Janeiro 2010. Mais uma vez, obrigado à todos vocês que de alguma forma trazem essa alegria para que eu possa viver sempre no caminho do bem. Jah, Rafinha, Pedrão, vocês são demais. Respeito, humildade e sinceridade, galera. Há pessoas que se orgulham de pouco. Há pessoas que passam por cima dos irmãos. Pessoas essas que calam-se permitindo a injustiça. Existem pessoas que não sabem o valor de uma amizade. Para essas pessoas, desejo luz! Espero que sejam melhores daqui para frente. Evolução.


Post ao som de Midnite - Mountains.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Primeiras fotos do C.T.F.B.

Como havia prometido no post anterior, estou disponibilizando as primeiras fotos do Centro de Treinamento Família Buscapedra. Nas fotos abaixo é possível ter uma noção da altura, negatividade e largura da primeira estrutura. A segunda estrutura começou a ser montada e deverá ser concluída no próximo final de semana. As fotos foram tiradas pelo Bob Pai, Jorge Gomes. Em relação à qualidade do registro, fico devendo pois foram tiradas do celular. Mas o que vale é a inteção de mostrar o processo para vocês. Obrigado à todos pelos votos de boa sorte.

Primeira estrutura ainda sendo montada. Nessa foto é possível ter uma noção da negatividade e dos 3 metros de altura. Foto: Jorge Gomes.

Fazendo uma força para construir a segunda estrutura. Ao fundo já é possível ver a primeira estrutura finalizada. Foto: Jorge Gomes.

Primeiro move do Centro de Treinamento Família Buscapedra. Foto: Jorge Gomes.

Post ao som de Tippa Irie feat DigitalDubs - Strictly Heavy Dub.

domingo, 7 de novembro de 2010

Obras no Centro de Treinamento Família Buscapedra.

Começaram neste final de semana (6 e 7), as obras do Centro de Treinamento Família Buscapedra. No último sábado (6), com ajuda do Jorjão e do meu maior mestre-dos-mestres-de-obra, o Bob Vô, Sr. Wilson Gomes. deu início à realização de um sonho. Em função da falta de prática em levantar estruturas de muros, demoramos um pouco para "pegar o jeito", mas ao decorrer do dia o trabalho foi fluindo. Infelizmente começamos tarde e alguns compromissos no dia, fizeram com que o trampo durasse apenas 5 horas.

Já neste domingo (7), o trabalho começou um pouco mais cedo e rendeu bastante. O primeiro negativão foi erguido hoje e a segunda estrutura já começou a ser levantado. As obras continuam no próximo final de semana. Em breve, fotos. Aproveitando o post, agradeço ao escalador escocês quase carioca, Matt, pelas agarras que ele trouxe para o CTFB. Matt presenteou o muro com dez agarras diretamente da Meca da escalada em boulder, Fontainebleau (França). Obrigado em nome da Família Buscapedra!

Post ao som de Ranking Joe feat. Digital Dubs - Fyah Bun Dem.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Obras do Centro de Treinamento serão iniciadas.

Mais uma vez desapareço. Tento arrumar tempo para atualizar vocês sobre diversos assuntos, mas está cada vez mais difícil. Comecei a falar sobre a 10ª Mostra Internacional de Filmes de Montanha e não pude dar sequência. Mas agora, às 3h52 da manhã, dedicarei uns minutinhos para contar algumas coisas boas que estão acontecendo.

Em primeiro lugar - e acho que a mais importante -, no próximo final de semana começarão as obras do Centro de Treinamento Família Buscapedra. No último domingo (1), eu e meu irmão, agora de maior idade, Pedro, fizemos a faxina no local que será construído o muro. Depois de duas horas de um árduo trabalho, deixamos o lugar pronto para as obras. O CT terá dois setores: o setor da sala e o setor do quarto - os setores serão renomeados em breve.

As obras começarão pelo setor do quarto. Neste setor haverá três placas bem negativas com os finais verticais. No setor da sala, o muro será menos negativo e contará ainda com uma área dedicada somente à campus, fingers, barra e system walls. Neste cantão, serão escritos na madeira o nome de todos os amigos e amigas que de alguma forma ajudaram na realização deste sonho e que também nos mantém motivados para os treinos. No final de semana que vem, divulgarei mais noticias sobre as obras do CT.

Por fim, iniciou-se um projeto bem interessante da Família Buscapedra em parceria com alguns amigos, que promete ser bem legal. Mais para frente, após a consolidação de fato deste projeto, divulgarei maiores informações. Até lá prometo não demorar tanto tempo para voltar aqui. Agora tratem de escalar!

Post ao som de Ponto de Equilíbrio feat Don Carlos - Stay Alive.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

10ª Mostra Internacional de Filmes de Montanha: Primeiro dia.

Antes de realizar este post, gostaria de fazer um aviso: eu não sou um crítico de cinema, apenas um estudante de Comunicação e amante da sétima arte, além de um fissurado por esportes de montanha, mas especificamente, a escalada. Pois então, começou na última quinta-feira (21), às 19h, a 10ª Mostra Internacional de Filmes de Montanha. A Mostra será realizada no Cine Odeon, na Cinelândia (RJ), até o próximo domingo. As sessões acontecem às 19h e às 21. No domingo, um pouco mais cedo: às 18h e às 20h. Infelizmente não pude assistir aos filmes da sessão inicial do festival - realizada às 19h. Porém às 21h, em ponto, estava sentado ao lado do meu irmão no segundo andar do Odeon, cercado pelos amigos Blanco, Felipinho Assad, Flávio Carneiro e Rodrigo Almeida, pronto para assistir aos filmes. Farei a seguir algumas breves observações que achei pertinentes sobre os filmes.

"Tupungato - Acima dos 6 mil" é um filme-diário que conta a história de um grupo de escaladores brasilienses que tentam subir a montanha Tupungato nos andes chilenos. Sem um pré-roteiro, o filme apresenta um enredo lento, mas consegue realizar apresentações de personagens que aparecem durante o desenrolar do filme. Nota: 6.

"Slackline Brasil" era um filme do qual eu esperava mais. Ele se limita muito somente à visão do slacker-escalador Hugo Langel. Com belas cenas gravadas na França, Estados Unidos e no Brasil, o filme arrancou muitos aplausos da galera presente. Nota: 8

"Surf na Montanha" mostra a historia do inicio do surf na montanha no Brasil, mais precisamente em Visconde de Mauá (RJ). O filme apresenta uma bela fotografia e cenas em slow muito bem projetadas. A torcida pelo filme era grande por parte dos praticantes do esporte que estava presentes na exibição. Nota: 8

Nesta sexta-feira (22), acompanharei a sessão das 19h, que contará com os filmes: "E as vias da Lapinha?", "Entre Nós" e "7 dias na favela". Amanhã mais comentários sobre estes filmes.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Vídeo: Tardes no Grajaú e os 18 anos do Pedrinho.

Ando meio sem tempo para atualizar o blog, mas como sinto muita falta de escrever para vocês, acho sempre uns minutinhos para contar um pouco do que tem se passado dentro da Família Buscapedra. Vamos aos fatos:

No último sábado (16), a Família Buscapedra passou uma bela tarde na Reserva Florestal do Grajaú. Acompanhado pelo Jorjão e o caçula, Pedro, era chegada a hora de comer os dedos no abrasivo granito do "Graja". Encontramos no local alguns amigos como o Diogo Texeira e o Antônio Sérgio. Antônio nos apresentou alguns boulders que nós não conhecíamos. Consegui encadenar um v6, chamado "Na Boca do Sapo", e após algumas entradas, encadenei a extensão dele, cotada em v8. Pedro ainda encadenou o clássico "Snoop", graduado em v4. Antônio filmou alguns boulders no dia e juntou com algumas filmagens de arquivo para fazer esse vídeo a seguir.

Tardes no grajaú from Antonio Sergio on Vimeo.

Ainda em tempo, na última terça-feira (19), o caçula da Família Buscapedra, Pedro Gomes, atingiu a maior idade. Isso mesmo! O "Pedrinho" agora é um homem de 18 anos. Fica registrado aqui o parabéns ao atleta em nome de toda a Família. Falo por todos nós, quando desejo à você, Pedro, toda sabedoria e sucesso do mundo. Seja muito feliz e aproveite com muito juízo essa nova fase da sua vida. E lembre-se: com a idade, vem a responsabilidade. Te amamos muito!


Sem mais enrolações, na companhia do "18-anos-de-idade!", estou indo agora assistir à 10ª Mostra Internacional de Filmes de Montanha, que acontecerá a partir de hoje até o próximo domingo (24), no Cine Odeon, na Cinelândia (RJ). Assistiremos a sessão das 21h desta quinta (21), onde será exibido o filme "Slackline Brasil". Ainda nesta sessão será exibido os filmes "Tupungato - Acima dos 6 mil" e "Surf na Montanha". Em breve posto comentários sobre os filmes. Então espero ver vocês lá prestigiando o evento.

Post ao som de Kings of Leon - Use Somebody.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Visita à nova área de boulder do Estado do Rio de Janeiro.

Desde que meu pai e o meu irmão acharam a tal área de boulder em Bom Jardim (RJ), eu não tive mais sossego. Toda vez que a Família Buscapedra subia a serra para se refugiar no nosso QG, o assunto era sempre o mesmo: "E aí Caio, vamos conhecer lá os boulders?!". O problema é que nunca dava para eu viajar ou, quando ia, chovia. Mas felizmente neste feriado do dia 12 de Outubro, o tempo ficou e finalmente pude conhecer essa nova área de escalada na região serrana do Estado do Rio de Janeiro.

Confesso que superou - e muito! - todas as minhas expectativas. O lugar, que ainda não possui nome, tem um grande potêncial. O único problema é que para acessar os boulders é preciso atravessar um curral. Outro problema é que é propriedade particular, mas o dono é um senhor muito gente boa, e em breve conversaremos sobre possíveis visitações da galera da escalada. Acredito que não haverá problemas. Mas acertaremos tudo direitinho antes de divulgar o local. Em relação aos boulders, como disse anteriormente, o potencial é bom. Já existem alguns v4 e v4- abertos. Mas eu tentei dois projetos lá que estão na casa do v8/9. Um é bem técnico e o outro é mais força.

Mas para o meu azar ao entrar pela primeira vez nesse segundo projeto - ainda frio, primeiro boulder do dia -, estourei uma pinça, arrancando uma placa de mais de 10 kilos de rocha. A queda foi feia. A pedra caiu no meu peito, depois caiu batendo na minha coxa, canela e por último no meu tornozelo, deixando um estrago por onde passava. Ainda durante a queda, atingi o pescoço do meu pai. Levantei atordoado e preocupado com ele, que tinha apagado por alguns segundos. Por sorte, não foi nada grave. Mas o meu pé ficou "meia-bomba", o que impediu de escalar mais. Passei por muitos blocos e visualizei algumas boas linhas. Fica agora a vontade de voltar. Obrigado Jorjão e Pedro pela contribuição; e ao meu tio Jefferson, que nos mostrou o lugar.

Post ao som de Sublime - April 29, 1992.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Blog da Família Buscapedra no "Prêmio EXPN - O Melhor Blog de Ação".

É com grande felicidade que venho informar através desse post que a inscrição do blog da Família Buscapedra foi aceita para o "Prêmio EXPN - O Melhor Blog de Ação", realizado pela emissora ESPN Brasil. O prêmio funciona da seguinte maneira: jornalistas e apresentadores de diferentes modalidades do Planeta EXPN visitarão os blogs inscritos e avaliarão qual o melhor blog de ação. O ganhador leva para casa R$5.000,00. Isso mesmo! Cinco mil reais! Nossa, com essa grana dava para construír o Centro de Treinamento da Família Buscapedra e ainda fazer uma ClimbTrip para algum dos milhares picos de boulder do Brasil.

O "Prêmio EXPN - O Melhor Blog de Ação" e uma realização ESPN com patrocínio da FORD.

A aprovação da incrição do blog nesse prêmio já demonstra a credibilidade que temos. É importante ter pelo menos um blog dedicado à escalada nesse concurso, já que o nosso esporte é tão bem representado na ESPN pelo Eliseu Frechou. Eliseu tem uma forte contribuição na elevação do nível técnico nacional e na divulgação do esporte, já que seu blog é um dos mais visitados no Portal da ESPN. Se você quiser se inscrever nesse prêmio ou conhece alguém que tem tudo a ver com esse concurso, acesse a página da premiação e saiba como fazer isso.

Assim como a ESPN, a informação é - também - o nosso esporte!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Em busca de um sonho.

Até quem não foi na Pracinha de Itacoatiara conhece o Bloco do "Fiapos". O "túnel" atrai até fanfarrões aos finais de semana que se delocam até lá para simplesmente passar de carro por baixo do bloco. Afim de esclarecer a importância desse bloco para a Pracinha e para o resto da escalada do Estado do Rio, preparei uma relação dos boulders que existem somente nesse bloco:

- "Envergadura de Alá", v7
- "Envergadura de Alá SDS", v8
- "Fiapos", v9
- "Envergadura dos Fiapos", v10
- "Brocas", v10
- "Homework", v11
- "Kriptonita" (Projeto)
- "À Espera de Chris" (Projeto)
- "Travessia" (Projeto)
Lembrando que todos os projetos citados à cima, estão cotados à cima de v11.

Pois bem, desde que encadenei o primeiro boulder nesse bloco - "Envergadura" -, senti falta de uma coisa fundamental neste tipo de escalada: o domínio. No cume do bloco existe muito mato, terra, plantas e até um troco de uma árvore caída. Meu objetivo agora é capinar esse cume para que possamos ter um verdadeiro final. Para que isso aconteça, preciso da ajuda da galera. Escada, enxada e pá nós temos. Sacos plásticos de lixo para limpar a bagunça eu vou comprar. O que eu realmente preciso é da disposição da galera para auxiliar o trabalho da Família Buscapedra.

Quem puder nos auxiliar, por favor, entre em contato por aqui ou pelo telefone: (21) 9413-4607. Galera, esse é o primeiro passo para a realização de um festival de escalada no local. A data dessa limpeza ainda não foi confirmada em função do tempo (sabemos que será num final de semana), mas seria importante saber quem estaria disposto para termos uma estimativa da quantidade de voluntários. A preservação da Pracinha de Itacoatiara depende só de nós escaladores. Vamos fazer essa manuntenção dos boulders e podagem das plantas que estiverem nos blocos. Contamos com vocês. Em nome de toda a Família Buscapedra, desde já, agradeço a atenção de todos.

Post ao som de Bob Marley & The Wailers - Revolution.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

De casa nova para os treinos.

Recebi um convite na última segunda-feira (27) que me deixou bastante contente. O escalador niteroiense e um dos ex-donos do Complexo de Escalada Onze A, Marcelo Vianna ˜Pulga", convidou a mim e ao meu irmão, Pedro Gomes, para que treinássemos em seu muro, que fica localizado no bairro de Itacoatiara, em Niterói. Sim, o muro fica a poucos passos da tão famosa Pracinha. Os treinos acontecerão às terças e quintas. Nos demais dias, os treinos serão aeróbicos e isométricos Pedro resolveu entrar para uma academia, levantar peso e dedicar-se ao Halterofilismo. Brincadeira! Mas a parte em que ele "resolveu entrar para uma academia" é verdadeira. A motivação para treinar persiste, e em breve voltaremos à nossa melhor forma física.

Enquanto o C.T.F.B. não fica pronto, treinaremos então no "Muro do Pulga". Dedico esse post em agradecimento ao Marcelo por ter sedido o espaço para treinarmos e aos demais amigos que farão companhia nos treinos. Agradeço ao Flávio Carneiro "Bagre" e todos os irmãos e irmãs que me receberam - como sempre - super bem durante o treino no Centro de Escalada Limite Vertical. Obrigado de coração. E à quem interessar: sábado de tarde (já que São Pedro vai permitir!) haverá mais um dia de boas escaladas nos clássicos boulders da Pracinha de Itacoatiara. Encerro esse post com uma mensagem:

O vitorioso tem muitos amigos; o vencido, bons amigos. (Provérbio Mongol)

Post ao som de Trio Ternura - Sina.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

"A vida é sincera".

Muitas coisas aconteceram e muitas coisas estão acontecendo. Penso que na real, as coisas acontecem por algum motivo. Seja para você se aproximar de alguma pessoa ou seja para você reconhecer um erro e aprender a ser mais humilde. Mas uma coisa é certa: qualquer realidade que nos é imposta nos faz crescer, evoluindo nosso espírito cada vez mais. Tornamos-nos pessoas melhores, errando, aprendendo, raciocinando, vivendo. Penso ainda que tudo o que está acontecendo só tem a somar mais na minha escalada, na do meu irmão e na do meu pai. A evolução virá, e virá em família. Isso que é o mais importante: minha família. Posso não ser o melhor, posso não ganhar um campeonato ou posso não conseguir mandar um boulder, mas para a minha família, nada disso importa. Aliás, para mim também não.

A escalada sempre foi um estilo de vida para mim. Não escolhi escalar. Nasci praticando. Nasci e fui criado dentro da escalada, criado para a escalada. Aos meu pais agradeço essa oportunidade. Hoje participo da educação do meu irmão, sempre pautada dentro do esporte. Nada é mais importante que o conhecimento, do que o estudo. Acredito que nossa evolução dentro e fora da escalada depende diretamente da nossa inteligência, do nosso saber - específico ou não. Na real não sei o motivo desse post, mas são 12h30 de uma quarta-feira cinzenta na Cidade Maravilhosa e essas palavras vieram a tona na minha mente e eu me senti na obrigação de compartilhá-las com vocês. Como diria um grande amigo: "A vida é sincera".

Post ao som de Bob Marley & The Waillers - No More Troubles.

sábado, 25 de setembro de 2010

Mística tarde.

Sabe quando a gente levanta da cama e sabe que o dia tem tudo para ser um dos melhores das nossas vidas? Pois então, assim foi o tarde de hoje. Confesso que demorei a levantar, mas assim que descolei da cama a motivação para escalada estava a mil! Comecei a ligar para os amigos, animando para mais um dia de muita diversão. O tempo no Rio de Janeiro não estava nem um pouco animador, mas parece que São Pedro foi mais generoso com os niteroienses. O tempo em Niterói estava perfeito para escalar na rocha: nublado e ventando frio. Aos poucos a galera ia confirmando a presença em mais uma praserosa tarde com amigos na Pracinha de Itacoatiara.

O tempo nublado foi dando lugar ao um céu azul e um sol perfeito. A galera foi chegando e já ia cada um se dedicando em seus projetos. A tarde foi recheada de cadenas. Felipinho Assad passou o rodo na Praça. Felipinho encadenou o "Rising From The Vala" v4, "Rising From de Friso" v3, "Highball" v3 e o "Gato Lua" v5 - esse último também encadenado pelo Miguel "Esteban", que encadenou a extensão do "Gato Lua", um v8. Camilla Porto encadenou fácilmente o "Envergadura de Alá" v7, um clássico na Pracinha. Lembrando que há dois dias atrás, a niteroiense Luana Riscado também encadenou o boulder. Daniel Lustoza, vulgo "Bonitinho", encadenou o "Caixote" v7, um boulder técnico de domínio. Eu consegui me encaixar em um projeto do local, acredito que possa encadenar. Estava lendo errado, mas agora ficou mais factível.

Já era quase noite quando resolvemos partir pro bloco do "La Ola" para que o Rafinha Passos pudesse tentar o mais clássico da Praça e um dos mais clássicos do Brasil! Após três dias de tentativa no boulder, o escalador brasiliense, fez a primeira repetição do "La Ola". Nossa! Fiquei muito feliz, realizado demais! Um dos meus melhores amigos da escalada encadenando um boulder com que eu tenho uma ligação surreal: é incrível! Demais! Não tenho nem palavras. Foi muito mais emocionante que a minha própria cadena! Parabéns demais Rafinha!

Aproveitando o post para agradecer à todos os irmãos e irmãs que fizeram essa tarde ser a mais mística de todas: Rafinha Passos, Gibara, Luana Riscado, Camillinha Porto, Daniel Lustoza, Antonio Sergio, Ricardo Linhares, Felipinho Assad, Miguel Osório "Esteban", Thaís Quacchia. Amigos que a escalada me deu, que são que nem a rocha, pra sempre! Valeu demais galera!

Post ao som de Bob Marley - Mistic Morning.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

POLÊMICA!


Em função de estar montando o Centro de Treinamento Família Buscapedra, estou pesquisando modelos e preços de agarras dentro e fora do Brasil. Aproveitando que nem gosto de uma discussão (não é mesmo, Felipinho?) vou levantar uma polêmica aqui e gostaria da opinião de vocês. Ao acessar o site da Franklin Holds, vi um jogo de agarras moldadas nas próprias agarras do famoso boulder "Karma" V12, localizado em Fontainebleau, na França. Lá vai hein: "Se o escalador compra essas agarras, simula a inclinação, treina nesse "boulder" durante semanas, e manda o boulder verdadeiro na rocha na primeira entrada. Essa cadena foi...":
a) Onsight.
b) Flash.
c) Apenas redpoint.

Lembrando que no site da Franklin, ainda é possível encontrar jogos de outros famosos boulders como o "Black Lung" v13, em Joe's Valley, nos Estados Unidos, e o Midnight Lighting" V8, em Parque Nacional de Yosemite, também nos EUA.

Jogo de agarras do "Karma" v12. No site é possível achar outros sets de agarras. Foto: Reprodução da Internet.

Aqui no Brasil, a VDOZE AGARRAS, um dos meus patrocinadores, moldou uma das agarras do famoso boulder "O Inominado" v11, localizado na Urca, no Rio de Janeiro. A agarra ficou bem semelhante. Pena eu ter mandado o boulder antes! Mas e aí? O que vocês acham? Opinem, por favor. Uma boa semana para todos.

Post ao som de Bob Marley - War.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Nota de esclarecimento.


Apenas para dar uma satisfação à patrocinadores, apoiadores e amigos. Eu, Caio Gomes, decidi que não participarei mais do Circuito Estadual de Boulder do Rio de Janeiro 2010. A decisão foi pensada e repensada com toda a Família Buscapedra. O caçula da FB, Pedro Gomes, também não correrá mais o Circuito. O motivo das saídas são variadas. Pedro tem tido um ano cheio em função dos vestibulares, tendo aulas de manhã até a noite. O estudo em período integral tem sugado tempo e força do jovem atleta, mas não sua motivação. Pedro vem escalando nos finais de semana na rocha com a Família Buscapedra e tendo bons rendimentos.

Quanto a mim, foi um pouco mais complicado. Depois de dois erros seguidos da organização do departamento de competição do Rio de Janeiro - primeira e segunda etapa -, decidi que era hora de me afastar por um tempo das competições para não perder o "tesão" disputar campeonatos. Infelizmente a diretora de Competição da FEMERJ e uma das donas do Escalada Indoor Icaraí, Patrícia Mattos, não soube assumir uma postura profissional e levou essa minha decisão para o lado pessoal. Com isso, toda a Família foi expulsa do muro do E.I.I., após 11 anos de parceria.

Em relação ao Circuito, só cabe nós da FB desejar à todos os atletas boa sorte na última etapa. No Master Masculino, os friburguenses, Eric Telles e Pedrinho "Paragolé" Soares, travam uma batalha boa. Eric ganhou a primeira e última e Pedrinho a segunda. Não está nada decidido, vamos ver quem leva a melhor na última e decisiva etapa. No Master Feminino, a atleta niteroiense Luana Riscada, segue soberana, desfilando nos boulders com toda sua elegância e calma. Como diria o sábio: "Tem coisas que vêm para o bem." Após a nossa expulsão do E.I.I., decidimos que era hora de tocar para frente o projeto do Centro de Treinamento Família Buscapedra. O projeto já está pronto e em fase de execução.

Em breve mais notícias sobre o C.T.F.B.

Post ao som de Céu - Concrete Jungle.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Family Climb Trip: Agradecimentos aos amigos.

Na tarde da última terça-feira (7), chegou ao fim mais uma trip da Família Buscapedra. O destino escolhido desta vez foi São Bento do Sapucaí (SP). A viagem durou 4 dias e 3 noites. E foi recheada de boas risadas, bons momentos e muitos aprendizados. Esse post será dedicado à agradecimentos de todos que de alguma forma fizeram parte desse feriado fantástico. Primeiramente, agradecer à toda Família - Jorge, Jussara e Pedro - pela incrível compania e por toda motivação dada. Agradecer também ao Carlos Michel "Carlera" e a Paulinha, da "Hospedaria Casarão", pela atenção dada. Mesmo com milhões de coisas para fazer na pousada, o casal sempre conseguiu um tempinho para alguns bate-papos ao longo do dia.

Aproveitar para agradecer o casal André "Belê" e Nívea Berezoski pela receptividade em sua casa e pelo maravilhoso café com pães-de-queijo. Em especial ao "Belê", que acompanhou a Família em todos os setores, dedicando seu tempo integralmente à mostrar todos os boulders possíveis naquele feriado. E ainda, por fazer questão de nos mostrar toda a infraestrutura de sua fábrica de ressolas e confecções de crash-pads. Por último, mas não menos importante, um "obrigado" ao João Ricardo, Sabrina e Gibara pelas - sempre - cômicas conversas e dias de escalada.

Para finalizar, gostaria de dar parabéns ao "Carlera" e à Paulinha pelo excelente trabalho que vêm fazendo na "Hospedaria Casarão". O lugar é lindo! Perfeito! As receitas dos bolos e pães servidos no café-da-manhã estão disponíveis no Blog da Hospedaria Casarão. Parabéns também ao "Belê" pela qualidade das ressolas e dos crash-pads - todos os dois serviços são utilizados pela Família Buscapedra. A vontade de voltar para São Bento é enorme. O retorno será em breve. Um muitíssimo obrigado à todos que fizeram esse feriadão de 7 de Setembro ser fantástico! Em breve, mais fotos da trip.

Post ao som de Bob Marley and The Wailers - Natty Dread.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Family Climb Trip São Bento do Sapucaí: Último dia.

A segunda-feira (6) começou cedo. Levantamos da cama já alongando para não perdermos tempo. Tomamos aquele café-da-manhã acompanhados pelo casal de amigos de Campinas (SP), João Ricardo e Sabrina. Após dar um prejuízo grande na mesa do café, decidimos que era hora de gastar tudo o que haviamos comido. Era hora de conhecer o primeiro setor de boulder da região: o "Serrano". Os primeiros boulders do local foram abertos durante o memorável festival do "Blox" em 2001. Revolvemos aquecer num v7 chamado "Osterix Tentaculus" (me corrijam se estiver errado). Bom, devidamente aquecidos, era chegada a hora de conhecer o tão famoso "Dia Santo".

O boulder por muito tempo foi considerado o mais difícil do Brasil, depois que os escaladores André Berezoski "Belê" e o "Pardal" sugeriram a graduação como um possível v14. Mais tarde, após receber outras cadenas, o grau foi confirmado em v13. A linha é incrível! A movimentação é fascinante! É sem dúvidas, um dos boulders mais bonitos que já entrei. Regletes médios num negativão. Demais! Enquanto escovava as agarras, o "Belê" chegou, bem a tempo de passar os betas. Consegui isolar bem os moves do meio. Fiquei devendo o domínio e a saída - que ao meu ver são os mais difíceis. Antes de partirmos para almoçar, era hora de conhecer um dos clássicos do local, o "Largadão", um v8 aberto durante o Blox pelo curitibano Flávio Cantelli "Juquinha".

Após um belo pratão de comida no restaurante "Taipa", resolvemos descansar e escalar mais no final da tarde. Era hora de voltar para o setor do "Bigode". Tentei mais uma vez o "Cavanhaque" e o "Virilha", os dois v10. Infelizmente não tive muito sucesso nos boulders. Mas fico com muita gana de voltar à São Bento para tentá-los e conhecer os outros setores que faltam. A cidade é incrível, 3 dias é muito pouco tempo para conhecer tudo. Prometo voltar em breve. Nesta terça-feira (7) o dia amanheceu chuvoso então decimos pegar a estrada logo após o café-da-manhã. Mas antes de partir, fomos convidados pelo "Belê" para conhecer a fábrica da "Belê Pad e Ressolas". "Belê" vem fazendo um excelente trabalho de ressola e na confecção de crash pads. A qualidade é tanta que já existem encomendas até para a Suíça. Vale a pena conhecer um pouco mais do trabalho do escalador.

Post ao som de Rebelution - Feeling Alright.

domingo, 5 de setembro de 2010

Family Climb Trip São Bento do Sapucaí: Segundo dia.

A "Hospedaria Casarão" conta com uma decoração de muito bom-gosto. Foto: Pedro Gomes.

Curtindo um descanso ao som de Mishka na sala da lareira da "Hospedaria Casarão" resolvi aproveitar para contar um pouco do que foi o segundo dia na bela cidade de São Bento do Sapucaí (SP). Logo pela manhã, como de praxe, levantamos cedo e tomamos aquele café-da-manhã dos deuses. De barriga cheia, eu e Pedro fizemos um pequeno alongamento no gramado enquanto esperávamos o André Berezoski - o "Belê" - chegar para nos guiar em mais um setor de boulder da região.

Sala da lareira: uma das acomodações da "Hospedaria Casarã0". Foto: Pedro Gomes.

O destino desta vez foi o setor do "Akira". Chegamos por volta das 11h00 e já começamos a aquecer nos boulders mais fáceis do local. Infelizmente logo no segundo boulder senti bastante o cotovelo e resolvi pegar mais ou menos leve. Mais tarde, ainda com um pouco de dor, entrei no clássico "Língua Santa", um v8 bem difícil. Em relação à escalada, o dia não rendeu muito. Saímos do local - por volta das 13h30 para almoçarmos - com poucos boulders de baixa graduação no bolso mas com muita experiência boa. Após o almoço voltamos para a "Hospedaria Casarão" para descansarmos.

Caio Gomes tentando o boulder "Língua Santa" 0 v8 mais v10 de São Bento. Foto: Jorge Gomes.

Mais tarde, fomos conhecer a casa do Belê e da Nivea: um lugar bastante acolhedor. Logo de cara já fomos recebidos com uma tigela de pães-de-queijo e um café fresquinho. Após conhecer o centro de treinamento do Belê (placa de campus, muro de seis placas com diversas agarras com um teto baixo ótimo para treinar). Conversamos bastante sobre ética na escalada de boulder, campeonatos e outras "curiosidades" do esporte. Durante um final de tarde, tenho certeza que aprendi muita coisa com o casal. Já, já, sairemos para jantar e dormir para amanhã conhecer mais setores de escalada daqui.

Post ao som de Mishka - Coastline Journey.

sábado, 4 de setembro de 2010

Family Climb Trip São Bento do Sapucaí: Primeiro dia.


Saímos de Niterói (RJ) às 4h da madrugada deste sábado (4). Contado com uma incrível habilidade do motorista oficial da Família Buscapedra - Jorge Gomes - chegamos em São Bento por volta das 9h00. Nos dirigimos à "Hospedaria Casarão", dos casal de amigos Carlos Michel "Carlera" e Paulinha. O lugar é incrível! Uma infraestrutura fantástica. Mas o mais importante foi o café-da-manhã. Nossa! Pães, granola, qualhada, tudo feito por eles. A mesa do café contou ainda com morangos incrivelmente vermelhos, um suco de laranja mágico e um café fresquinho para dar a motivação para a escalada.

Caio Gomes vizualizando as agarras do blocão no setor do "Bigode". Foto: Pedro Gomes.


Por falar em escalada, deixamos de comer e partimos para os boulders. Às 10h30 já estávamos chegando para conhecer os primeiros blocos no setor do "Bigode". Que luxo! À beira da estrada, é só descer do carro e começar a fazer força. Bem, força era o que não tínhamos. Eu e o caçula, Pedro, sentimos um pouco a viagem, as poucas horas de sono. Já eram 13h30 e o estômago começou a reclamar. Era hora de encher a pança. Botamos para dentro três pratões de massa: espaguete, nhoque e um rondelli. Era o que faltava.


Depois de 30 minutinhos de descanso retornamos para o mesmo setor. Logo de cara, Pedro encadenou o "Navalha" um v4 e depois o clássico "Bigode" um v6. Mais tarde foi a minha vez de encadenar o "Barba" v7. Ainda deu tempo para isolar alguns moves do "Cavanhaque" v10, "Salinas" v12, e do "Virilha Completa" v10. Agradecendo aos amigos Gibara, João Ricardo e Belê pela bela tarde de escalada. É sempre um aprendizado estar com esses caras. Voltamos para casa após assistir um incrível pôr-do-sol. Presentão! Para finalizar, nada melhor do que um bate-papo com amigos comendo uma boa pizza.

Amanhã - depois do mágico café - partiremos para conhecer um novo setor aqui, chamado "Akira". Nem preciso dizer que o Pedro sacou altas fotos. Porém, hoje, a conexão não está muito boa, mas amanhã prometo colocar mais fotos dos boulders e algumas da "Hospedaria Casarão". Uma dica: acessem também o blog da "Hospedaria Casarão", lá vocês encontrarão diversas receitas deliciosas que a Paulinha faz aqui. Aproveitem e até amanhã!

Post ao som de Mishka - Lonely.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Family Climb Trip: São Bento do Sapucaí (SP).

Depois de muitos furos, muitas "desculpas" para a galera de Belo Horizonte (MG), Campinas (SP) e de Brasília (DF), finalmente, a Família Buscapedra colocará o pé na estrada e as mãos nas rochas de novo. Na madrugada do próximo sábado (4), a FB - em sua formação original: Caio, Jussara, Jorge e Pedro Gomes - partirá rumo à cidade de São Bento do Sapucaí (SP). "São Bento do Sapucaonde?". Bom, o pessoal da escalada já está cansado de saber onde fica, porém, para quem não conhece, lá vai:

São Bento do Sapucaí é um município do estado de São Paulo, localizado na microrregião de Campos do Jordão. Possui uma população estimada em 11.207 - durante pesquisa em 2004. (De lá para cá devem ter nascido umas 3 pessoas e morrido 3, então ficou na mesma). SBS está à 886 metros ao nível do mar. O município conta com uma área de 251,27km2 e uma densidade demográfica de 44,60 hab/km2. Mas o mais importante, é que São Bento abriga o complexo do Baú, formado por três montanhas: Bauzinho, Pedra do Baú e Ana Chata. Ou seja, TEM PEDRA PARA "CACILDIS!

Retomando. A Família ficará hospedada na "Hospedaria Casarão", dos amigos Carlera e Paulinha. Essa viagem será incrível, pois poderei rever e escalar com grandes amigos. Tenho como meta fazer uma bagagem de graus fortes e consolidar o meu grau máximo: v12. Para isso, dividirei meu tempo em alguns v10, v11 e v12. Entrarei nos boulders: "SexShop" v11, no "Salinas"v12, no "Virilha Completa" V10, Cavanhaque" v10 e no Itaipava" v12. Mas é claro, arrumarei um espacinho para dar uns pegas no "Dia Santo" - o v13 mais clássico do Brasil. Penso que essa trip servirá para avaliar ainda mais a graduação dos boulders do Rio de Janeiro e o meu treinamento físico e psicológico. Tentarei mandar notícias de lá para o blog, sempre com fotos e vídeos. Aguardem.

Post ao som de Titãs - Bichos Escrotos.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Família Buscapedra "vai ao ar".


Será exibido nesta segunda-feira (30), às 18h00, na TV Brasil (programa "Estúdio Móvel") , uma reportagem sobre a prática da escalada de boulder na Pracinha de Itacoatiara, em Niterói (RJ). A matéria foi gravada no dia 22 de Novembro de 2009 e contou com a participações de escaladores locais como: Daniel Hernandez, Pedro Cyrino, Thais Quacchia e Lyno Ferraz. A Família Buscapedra foi representada pelos irmãos Caio e Pedro Gomes e pelo patriarca, Jorge Gomes.

Fica a dica e a torcida para que mais uma vez a escalada vá ao ar de forma coerente e clara, mostrando a beleza do esporte porém chamando sempre a atenção para os riscos da prática desse e de qualquer outro esporte radical. Aproveito para agradecer a TVBrasil pela oportunidade de divulgação do nosso esporte.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Direto do túnel do tempo.

Enquanto arrumava meu armário, achei uma "case" de cds com fotos antigas. As fotos abaixo são - por volta - de 2005 e foram tiradas na Pracinha de Itacoatiara (Niterói, RJ). Um pouco depois de eu começar a entrar no "La Ola". Na época, não havia pretensão nenhuma de mandar. Nem chegar no "agarrão" eu conseguia. Reparem que não tinha o canteiro de plantas. Por um tempo tentei argumentar com a Associação de Moradores de Itacoatiara para que tirassem esse canteiro da Pracinha, mas nada foi feito. Agora acho que ficou até melhor, pelo menos, ficou mais bonito. Curtam as fotos clicadas pelo patriarca da Família Buscapedra, Jorge Gomes:





terça-feira, 24 de agosto de 2010

Cadenas na Pracinha de Itacoatiara (RJ).

Aproveitando o tempo livre para atualizar o nosso blog. Na última sexta-feira (20), depois do trabalho, decidi dar um "night climb" na Pracinha de Itacoatiara, só para relaxar a cabeça. Partir para o melhor pico de escalada em boulder do Estado às 22h acompanhado pelo caçula da família, Pedro Gomes, e pelo amigo, Lucas Rozina. Depois de 30 minutinhos de carro já estava encadenando o clássico "Rising From The Vala" v4. Na sequência, Pedro encadenou o boulder também. Antes de ir embora resolvi tentar o upgrade do "Tijolão" - boulder que havia mandado há poucos dias atrás. Para minha surpresa, a saída mais de baixo foi encadenada rapidamente.

Sentia-me cansado - em função do dia cheio - mas mesmo assim a energia do local a noite é incrível. Além do mais, sem dúvida alguma, é a noite que o "grip" fica fantástico. Quase não precisa de magnésio. Fica a dica: no verão, a boa é fazer os boulder na Pracinha de noite! Acredito que o "Tijolão Upgrade" deve estar na casa do v10. Acho o mesmo grau do "Uréia Shit Down Star" no Pontão da Praia da Fortaleza em Ubatuba (SP). Voltei para casa satisfeito com a cadena e pronto para a noitada, afinal, era sexta-feira a noite. Merecia comemorar!

Para finalizar o final de semana com chave-de-ouro, no domingo (21), voltei na Pracinha para tentar o último boulder que faltava mandar no local: o "Poder do Agora". O boulder é novo. Foi aberto pelo escalador local, Daniel "Olho". E rapidamente já se tornou um clássico da Praça. Esse problema era um karma na minha vida. Não me encaixava de jeito nenhum no crux dele: uma travada de joelho para rebotar para um "pocket" abauladinho. Mas após a quarta tentativa do dia, a cadena saiu. O grau acredito que seja realmente um v9. Com isso, faltam "apenas" 8 projetos para eu encadenar todos os boulders da Pracinha. O problema é que esses 8 estão variando de v10 à v13(?). Espero em breve postar aqui notícias sobre a cadena de algum desses. Estou acabando de editar uns videos para colocar no blog. Aguardem. VIVA!

Post ao som de Dawn Penn - No No No.

domingo, 15 de agosto de 2010

A foto mais inspiradora.

Hoje em dia é comum vermos fotos de escaladas super bem produzidas, com rebatedores, luzes externas, e tudo o que se tem direito. Os fotógrafos da atualidade estão transformando v0 e 5º grau em v16 e 12c. Bizarro! Porém há anos, uma foto, em especial, me enche os olhos. Trata-se de uma foto tirada pelo Eliseu Frechou, do Serginho Tarttari na via "As Lacas Também Amam" 7c, no Totem do Pão de Açúcar (RJ). Eu tive o primeiro contato com essa foto nos anos 2000, quando ela foi publicada na extinta revista de escalada nacional, Headwall. Desde então, essa foto tem estampado cadernos e agenda ao longo dos anos.

Sérgio Tarttari na via "As Lacas Também Amam", 7c no Totem do Pão de Açúcar, Urca (RJ). Foto: Eliseu Frechou.

Essa foto tem sido bastante inspiradora dentro da escalada. De certa forma, digo que ela também é motivadora. Nem preciso dizer que o Serginho - além de um amigo de décadas da Família -. é um ídolo para mim. A calma com a qual ele escalada é incrível. E essa foto demonstra um pouco essa calma e alegria. Milhares de pessoas já encadenaram essa via, mas acho por ele ter sido um dos conquistadores dessa via, o carinho que ele tem ao escalar essa linha é algo que pode ser visto na fotografia. Parabéns Eliseu por ter conseguido captar esse momento de forma tão especial.

Post ao som de Sublime - The Ballad of Johnny Butt.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Mais um projeto cai na Pracinha.


No último domingo (8), comemorando o Dia dos Pais, a Família Buscapedra partiu rumo à Pracinha de Itacoatiara, em Niterói (RJ). Porém antes, como é de costume, passamos a manhã e almoçamos com o Bob Vô, o Sr. Wilson Gomes. Comemos muito: bacalhau, macarronada, frango, tudo o que tínhamos direito. Após um leve descanso, partimos para a Pracinha. Chegando lá, encontramos com os amigos Daniel "Olho" e Miguel "Esteban". O escalador mais que local, síndico da Pracinha, Daniel "Olho" nos mostrou uma nova linha: um projeto bem difícil - algo em torno de v9. Porém não isolei os últimos 3 moves.

Caio Gomes no boulder "Tijolão" v9. Foto: Pedro Gomes.

Para não passar o Dia dos Pais em branco, eu e o meu irmão, Pedro, resolvemos dar um presente para o Bob Pai, Jorge. Coloquei no bolso um antigo projeto no local. Aberto pelo Hemult Becker, o boulder consiste em 9 moves, sendo os 3 primeiro o crux. Além do F.A., o boulder recebeu sua primeira repetição pelo "Esteban". O boulder foi batizado de "Tijolão" e foi graduado em v9, podendo ser menos ou mais, mas ainda esperando mais repetições para a consolidação do grau. Achei que o grau poderia ser esse pelo fato de muita gente boa ter tentado esse boulder, mas sem sucesso. Mais tarde, quase de noite, foi a vez do caçula dar seu presente. Pedro encadenou o clássico "Envergadura de Alá" v7.

Pedro encadenando o clássico "Envergadura de Alá" v7. Fotos e montagem: Jorge Gomes.

Por falar em cadenas, no último sábado de Julho (31), realizei a 3ª repetição do boulder "Pliométrico". O problema está localizado no bloco do "Macumba" na Urca (RJ). Existe uma certa polêmica em relação ao grau deste boulder. Alguns dão v10, outros v8. Eu acho que possa ser, sim, um v8. Mas sei lá. O importante é subir tudo o que é pedra! Em breve vídeo da cadena do "Tijolão".

Post ao som de Sublime - Get Ready.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Nova área de boulder no Rio de Janeiro.


Pedro Gomes mandando o "Senta na Pedra" v3. Foto: Jorge Gomes.

Desde que me entendo por gente, frequento a cidade de Bom Jardim. Localizada na região serrana do Estado do Rio, a cidade possui aproximadamente 27 mil habitantes. Bom Jardim está à 154 km da cidade do Rio de Janeiro. A Família Buscapedra sempre teve dois sonhos. O primeiro, instalar um quartel-general na cidade, foi realizado em 2008 quando foi comprado o sítio. O segundo era achar uma área de escalada próximo. E ao que tudo indica, esse sonho acaba de ser concretizado.

Pedro Gomes encadenando "Carrapixo" v2. Foto: Jorge Gomes.

Isso porque o caçula, Pedro Gomes, e o patriarca, Jorge Gomes, acharam um setor com bastante blocos. Segundo os dois "securas", em uma hora e meia, os dois abriram mais de 15 lances e só pararam porque começou a escurecer. Pedro disse que os boulder abertos estão entre v0 e v5, porém já existem projetos fortes esperando cadenas. Jorjão comentou que ainda existem mais blocos para cima esperando visita. Há ainda um bloco grande de onde podem sair umas vias esportivas. Em breve mais informações sobre a nova área de boulder. Para conferirem mais fotos do local, acessem o Flickr do Pedro.

Post ao som de Bob Marley - Rat Race.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Treinos e Cadenas.


Está cada vez mais difícil arrumar tempo para postar, imaginem para treinar. Após o campeonato, decidi me focar mais na rocha. Realizar alguns projetos e fazer algumas repetições de boulders duros. No momento, não me vejo voltando às falésias porque estou bastante focado na escalada de blocos. Na próxima sexta (23), partirei rumo à região serrana do Estado do Rio de Janeiro para treinar com os campeões da primeira e segunda etapa do Circuito Estadual de Boulder do RJ, Eric Teles e Pedro Soares. O treino será realizado na manhã de sábado (24), no muro do "Pedrinho", localizado na cidade de Nova Friburgo. É possível que no domingo (25), role de ir aos Boulders do Imperador, para tentar um projeto: o "Sonho Meu".

Mesmo com algumas viradas de noite provenientes do duro - porém satisfatório - trabalho, que venho realizando na produtora PosterFilmes, sinto-me bem fisica e mentalmente. Aproveito a oportunidade para parabenizar o escalador de Nova Friburgo, Pedro Soares, pelo 1º lugar na última etapa do Circuito Estadual. Esse ano está bem disputado. Em relação ao post anterior, eu acertei na revanche. Se cuida, Eric! "Ô... O Pedrinho voltou... Ô!"

Mudando um pouco de assunto, estou devendo um nota sobre algumas cadenas realizadas na Pracinha de Itacoatiara, em Niterói (RJ). O escalador niteroiense, Pedro Cyrino realizou a cadena dos clássicos boulders "Faraó", v6 e o "Ditador", v7. Parabéns Pedrão! Bom ver tua evolução, irmão! Em breve um posts sobre algumas viagens que serão realizadas pela Família Buscapedra.

Post ao som de Aerosmith - Cryin.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

II Etapa do Circuito Estadual de Boulder do Rio de Janeiro 2010: A revanche.

Após algumas noites sem dormir trabalhando, chegando tarde em casa, dormindo pouco, me preparo para mais uma competição. Será realizado no próximo domingo (18) a II Etapa do Circuito Estadual de Boulder do Rio de Janeiro 2010. O evento será realizado no muro do Escalada Indoor Icaraí, clube Rio Cricket (Rua Fagundes Varela, 637 - Icaraí, Niterói). Atenção atletas para os horários de isolamento:

Aspirante (Feminino e Masculino) - 08h30 às 09h00.
Master Feminino - 11h30 às 12h00.
Master Masculino - 13h30 às 14h00.

O campeonato é uma realização da FEMERJ e Escalada Indoor Icaraí. Com patrocínio da Águas de Niterói, Secretaria Municipal de Niterói de Esportes e Plural Mix. Além disso, o evento conta com o apoio de Black Rock (EUA), Prana (EUA), Sigg (BRA/SUI), Conquista, Snake, Herbalife, Times e Torcidas, LECHEN, Stone Chalk, Resseg, Levitar e Paul Monkey.

Desde já parabenizo a dedicação e profissionalismo que o secretário do Departamento de Competições da FEMERJ, Luíz Alvez, teve correndo atrás de apoios e patrocinando, tornando possível a realização das etapas. Infelizmente não estou conseguindo postar o video-chamada, mas para assisti-lo, basta clicar aqui. Boa sorte aos atletas que participarão da competição. Ah, o título do post é apenas uma brincadeira. Não há esse sentimento. Mas esses rapazesinhos de Nova Friburgo não terão moleza não. Abram o olho, manés! Abração meus camaradas. Pedrinho sai do mato! E Eric, inaugura essa casa logo. Bora subir as pedras!

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Saiba como foi o último dia do UBTBoulder 2010.


No último domingo (11), encerrou-se o Ubatuboulder 2010. O evento, que acontece anualmente no Pontão da Praia da Fortaleza, em Ubatuba (SP), transcorreu na mais tranquila paz. Como sempre, o festival foi demais. É bem verdade que este ano o festival contou com um número reduzido de participantes. Mas nem por isso a energia foi fraca. Tenho certeza que qualquer evento que contar com a presença dos amigos do Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Campinas (SP) e Brasília (DF) será sempre demais. É sempre bom estar cercado por amigos, ainda mais os amigos de pedra!

Em relação às cadenas, infelizmente não saberei reportar todas que aconteceram. Mas felizmente, estive presente em algumas. Wagninho (BH - MG), encadenou o "Uréia" v8. Gustavinho Fontes (BH - MG) mandou o "Tsunami" v9. O jovem Rafinha (SP), encadenou o "Ostras em Coma" v9. Felipe "Pikuíra" Camargo, encadenou um projeto no bloco do "Morcego", um boulder de teto com movimentação em regletes. Felipinho graduou em v11 forte. E eu, mais uma vez cai no final do "Cracolândia" v12. Ainda durante o dia mandei o "Sorvete" v5 e uns v0 e v1. Para finalizar a trip, experimentei o "Dia D" v10. Me encaixei muito bem, pena que furei o dedo durante uma tentativa. Ficará para a próxima. Sentirei falta da galera, mas em breve estarei viajando de novo para encontrá-los.

Vale a pena conferir o site do fotógrafo e escalador Murilo Vargas, que clicou altas fotos durante o evento. Pedro Gomes, o caçula e fotógrafo oficial da Família Buscapedra, também registrou tudo com sua Nikon D40, e mais tarde estarei disponilizando as imagens de mais uma trip para os boulders do Pontão da Praia da Fortaleza. Por uma questão ética não postarei algumas histórias que aconteceram nesta trip. Mas se serve de "consolo", adianto que a a viagem foi "de-e-e-e-e-e-mais". (Internal Joke).

Post ao som de Groundation - War.

sábado, 10 de julho de 2010

"Pikuíra" detona no Ubatuboulder 2010.


Após 5 horas de viagem, finalmente voltei à Ubatuba - litoral norte de São Paulo (SP). Cheguei na madrugada de sexta para sábado, acompanhado pelo casal de amigos Daniel Lustoza e Camilla Porto. Tratei de dormir para chegar no dia seguinte bem para entrar nos boulders do Pontão da Praia da Fortaleza. O sábado foi recheado de cadenas! Recém chegado dos Estados Unidos, o escalador paulista, Felipe "Pikuíra" Camargo, encadenou alguns dos boulders mais difíceis do local. Felipinho encadenou o "Vento Levou" V12. Um boulder de pequenas agarras, com uma tensão corporal incrível. Sem descansar muito, "Pikuira" mandou o "Dia D", um v9/10 muito difícil. Logo na sequência, o escalador abriu uma nova linha: um problema começando no "Bakanas" v13, cruzando o "Ostras em Coma" v9, emendando no "Carlinhos In The House" v11/12 e finalizando pelo "Dia D". A linha está graduada em v12 muito difícil, beirando um v13, segundo o Felipe.

Mas a galera do Rio de Janeiro representou bem durante esse sábado de escaladas. Rodrigo Nunes encadenou o "Dorotéia" v5 G. Os niteroienses Marcos Paulo "Marquinho" e Lyno Ferraz encadenaram o "Pézinho" v4. O carioca Blanco e a representante das mulheres niteroienses, Luana Riscado, encadenaram o "Van Der Walls" v3. Blanco mandou o boulder de flash. Já a minha meta para essa viagem ainda não foi realizada. Conseguir encadenar o final do "Cracolândia", chamado de "Cracó", um v9 duro. Amanhã pela manhã tentarei o boulder todo, graduado em v12. Neste momento está rolando uma festa de confraternização em uma casa na Praia da Fortaleza. Aproximadamente 30 amigos fazem uma farra incrível "da porra" na casa. Em breve fotos desta trip. Aguardem.

Daniel Lustoza e Rodrigo Nunes colaboraram para a elaboração deste post!

Post ao som de Jimi Hendrix - Hey Joe.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

UBTBOULDER 2010: Eu vou!

Caio Gomes no clássico boulder do Pontão, "El Cabron" v5. Foto: Naoki Arima.

Está chegando! No próximo final de semana, para ser mais específico, nos dias 9, 10 e 11 acontecerá o Ubatuboulder 2010. O evento que, acontece anualmente no Pontão da Praia da Fortaleza, em Ubatuba (SP), reúne escaladores do Brasil inteiro com o mesmo objetivo: subir o maior número de pedras! Como de costume, o Rio de Janeiro marcará presença. Este ano, o número de escaladores carioca será maior - não sei o número exato. Niterói estará bem representado também. O comboio será formado pelos amigos, Marcos Paulo "Marquinhos", Lyno Ferraz, Luana Riscado e Pedro Gomes, vulgo "caçula da Família Buscapedra". Chegarei na "Capital do Surf" na sexta-feira (9) à noite acompanhado pelo casal Daniel Lustoza e Camilla Porto.
Caio Gomes no boulder "Bakanas em Coma" v11. Foto: Rodrigo Nunes.

Para está viagem, tenho como objetivo, o boulder "Cracolândia" v12. Espero voltar de lá com essa cadena. Mas a experiência e a chance de escalar com todos os amigos no Pontão, já vale a viagem. Aproveitarei a estadia em Ubatuba para tentar outros boulders duros como o "Normandia", "Carlinhos In The House", por exemplo. Tenho certeza que o evento será incrível e espero que a galera compareça em massa, como tem sido nos últimos anos. Desde já, parabenizo os idealizadores do festival Alexandre "Linha" Paranhos e seu irmão Rodras. Para maiores informações sobre o evento, acessem o blog do UBTBOULDER.

Post ao som de Damien Marley - Welcome to Jamrock.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Vídeo: Caio Gomes encadena "Fura Onda" V11.

No último sábado (26), o escalador carioca Caio Gomes, realizou a primeira repetição do boulder "Fura Onda". O boulder está localizado na Pracinha de Itacoatiara, em Niterói (RJ), e recebeu a primeira ascensão pelo escalador Daniel Hans "Coçada". Na época, o boulder não foi batizado. Era apenas mencionado como uma variante mais fácil do boulder "La Ola" V12. Para a linha não ficar sem nome, o boulder foi chamado de "Fura Onda". A linha também é fantástica. O final possui uma movimentação muito bonita, porém as agarras não tem nenhuma beleza: uma "pincinha" ruim e um cristal ruim!

O curioso é que a variante possui o mesmo número de movimentos do "La Ola": 15, no total. "Como já tinha os moves do "La Ola" frescos na cabeça, a cadena aconteceu rápida. Tentei algumas vezes o final isolado, e na primeira tentativa de linkar todo o boulder, saiu a cadena." comenta o escalador, que completa "Agradeço meu pai, Jorge Gomes e o amigo Rafael Antunes, pela energia boa e pela segue. Obrigadão, galera!". Em relação ao grau, Caio confirma o que foi sugerido pelo "Coçada": v11. Mas sem dúvidas o crux é o domínio como vocês verão a seguir:

Fura Onda v11 from caiogomes on Vimeo.

O atleta Caio Gomes é patrocinado pelo Instituto Kioshi & Makoto Terapias Orientais, LECHEN, Escalada Indoor Icaraí, VDoze Agarras e Mr. Rock.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Filme do "La Ola" V12.

Após 6 dias de espera, enfim estou disponibilizando o vídeo da primeira ascensão do boulder "La Ola". O vídeo foi filmado pelo Cláudio Brisighello e pela Yuri Hayashi, e editado pelo Cláudio. O filme ficou com uma alta qualidade, e pode ser visto a seguir em High Definition (HD). Em comemoração à cadena foi feito um DVD, com uma versão legendada em inglês e uma capa irada criada pelo meu pai, Jorge Gomes, que será destinada aos meus patrocinadores. O filme a seguir retrata fielmente todo o sentimento que rolou durante a conquista do boulder mais místico da Pracinha de Itacoatiara, em Niterói (RJ).

O "La Ola" é a escalada mais difícil da cidade e uma das mais difíceis do Estado do Rio. Mais uma vez, agradeço ao casal Cláudio e Yuri pela dedicação que tiveram desde as filmagens até a finalização do filme. Em breve estaremos iniciando as gravações de um boulder sobre os mais clássicos boulder da Pracinha. Aguardem. Confiram abaixo o filme. Para ver em uma maior resolução, clique na imagem.

Caio Gomes - La Ola (FA) from Cláudio Brisighello on Vimeo.

O atleta Caio Gomes é patrocinado pelo Instituto Kioshi & Makoto Terapias Orientais, LECHEN, Escalada Indoor Icaraí, VDoze Agarras e Mr. Rock.

Novo site da LECHEN.


A LECHEN é uma empresa que oferece os melhores produtos para quem busca conforto e qualidade. Seus produtos são procurados por atletas que buscam realizar escaladas de alto nível até uma família afim de fazer um simples acampamento de final de semana. A empresa foi fundada em 2001, pelo Leandro Chen - um escalador empreendedor que incentiva o esporte no Rio de Janeiro e no resto do Brasil. A loja da LECHEN, localizada na Galeria River (Rua Francisco Otaviano, 67 - Loja 11 | Arpoador, RJ), está com site novo.

LECHEN é hoje a principal empresa de equipamentos de camping e escalada do Estado do Rio.

O site conta com fotos e informações dos produtos, além de contar um pouco da história da LECHEN, que é hoje a principal loja de equipamentos de camping e escalada no Estado do Rio. Os produtos estão divididos por "Modalidades" - o que facilita muito na hora de escolher o material correto para a prática de cada atividade. Barracas, mochilas, sacos-de-dormir, vestuário, calçados e equipamentos de escalada são alguns dos destaques da LECHEN. Ainda no site, é possível acessar o blog da empresa, no qual passarei a fazer posts mensais. Vale a pena conferir o site.

O atleta Caio Gomes é patrocinado pela LECHEN.

Post ao som de Sublime - Wrong Way.