sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

4Climb e Família Buscapedra.


Que a 4Climb apoia atletas, dentre eles, o primogênito da Família Buscapedra, Caio Gomes, todos sabem. Mas na última quinta-feira (29), foi firmada uma parceria entre a empresa mineira e o blog da Família. É importante salientar que os apoios do blog não tem nada a ver com os membros da FB de um modo individual. O blog disponibilizará um espaço no alto da página para a divulgação do banner da marca - como já pode ser visto. Ao clicar no banner, o internauta será redirecionado para a página de produtos da 4Climb. O objetivo da 4Climb é entrar ainda mais no mercado do Rio de Janeiro e elegeu o blog da FB como sendo o mais importante do estado. A parceria durará 6 meses podendo ser extendida. A Família Buscapedra agradece a confiança depositada em nós e espera que 2012 seja um ano de consolidação da 4Climb. Boas festas.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011: Caio Gomes.


Bernardo Collares, o "Berna": Um amigo que vai ficar para sempre no coração de todos nós.

2011 tinha tudo para ser um péssimo ano. Logo no primeiro mês, a escalada nacional sofre um baque ao perder o nosso querido e eterno presidente, Bernardo Collares, em um acidente na Patagônia. O ano não poderia ter começado pior. Mas com o passar do tempo, coisas boas foram aparecendo. No segundo mês de 2011 recebi uma proposta de patrocínio da F21 Assessoria Esportiva muito boa. Com o intuito de me oferecer um acompanhamento especializado durante circuitos de corrida realizados nas areias da Praia de Icaraí (Niterói, RJ), a parceria foi firmada rapidamente. Em abril foi a vez de mais um presente na minha vida. Durante uma viagem para Belo Horizonte (MG), foi fechada uma parceria com a 4Climb, uma empresa que em pouco tempo se tornou referência no esporte nacional. Mais que produtos, com a 4Climb eu ganhei amigos como o Daniel Mendes "Tio Dan" e o Felipe "Malucão, já que o Felipe "Kbeça" eu conheço de outros carnavais. E com essa parceria pude ficar mais próximo do estado mineiro, que na minha opinião, é o melhor do Brasil.

O tão famoso Jorge. Saudades, amigão. Foto: Pedro Gomes.

Já no mês seguinte, foi a vez da famosa Abertura de Temporada de Montanhismo na Urca (RJ). Durante a ATM2011 foi realizado um festival para apresentar a comunidade escaladora a mais nova empresa brasileira, a Verticale. Formada pelos também escaladores, o carioca, Silvio Neto e o, suíço, Martino Singenberger, a Verticale ficou famosa rapidamente por ser a primeira empresa do segmento a trazer as melhores marcas do esporte para o Brasil, como a La Sportiva, Camp/Cassin e Edelweiss. Para a minha felicidade, me consagrei campeão do I Festival de Boulder da ATM 2011. Porém mais do que uma premiação, dias depois, me tornei o mais novo atleta Verticale. Com a chegada do inverno, era hora de colocar o pé na estrada para se divertir nos festivais de escalada pelo Brasil.

Vídeo da ATM2011. Filmado e editado pela Granito Filmes de Montanha.

O mais marcante para mim, sem dúvidas, foi o Ubatuboulder 2011. Durante o festival realizei um sonho de encadenar meu segundo v12, o "Cracolândia" e caminhar para consolidação do grau - já que no ano passado, encadenei o La Ola, o primeiro v12 de Niterói. Mas não só de cadenas valeu o UBT2011. Pude conhecer e me aproximar de pessoas maravilhosas como o Beto Ferragut (um dos escaladores mais fortes que eu já tive o prazer de ver), a Duda, a grande Carol Botto, o Neto e o Rich. Um em especial marcou bastante: o "Jorge". Conheci o amigão durante uma ida à Ubatuba - se alguém tiver notícias dele, me avisem. E foi no mesmo festival que tive a honra e o prazer de finalmente conhecer pessoalmente meu grande amigo Neudson Aquino, dono do melhor blog de escalada do Brasil: o "Desce Daí Doido!". Ainda na pegada dos festivais, pude conhecer lugares incríveis como Salinas(RJ), Serra da Piedade(MG), Sabará(MG) e Igarapé(MG). Mas 2011 marcou também pelas inúmeras lesões que tive em função de treinos e projetos. Mas graças a Deus, há 7 anos, tenho uma parceria com meu amigo Kioshi Kikuti, do Instituto Kioshi & Makoto Terapias Orientais, que me dá todo o suporte necessário para me livrar dessas incômodas dores. 

Um sonho realizado. Cadena do Cracolândia, v12. Pontão da Praia da Fortaleza, Ubatuba (SP).

Termino esse ano feliz e realizado, pois vivi muito intensamente cada minuto desse ano, e o mais importante, sem sérias lesões. Na verdade esse post está sendo feito com uma certa antecedência em função da minha falta de tempo. Ainda tem muita coisas para acontecer. Me doei ao máximo à escalada, abri linhas clássicas na Pracinha e sei que de alguma forma contribuí mais um ano para esse esporte que desde que nasci faz parte do meu estilo de vida. Obrigado mamãe, papai e Pedrinho. Família Buscapedra vocês são tudo o que tenho. Amo vocês. Feliz natal e que 2012 seja repleto de saúde e sucesso para todos nós. Obrigado pelo carinho, pessoal.

Post ao som de Oriente - Eu sou de Niterói.

UPDATE1 22h12:

Mais um fato não poderia ser esquecido. Durante uma festa de publicidade realizada na zona sul do Rio de Janeiro, tive o prazer de poder bater um papo com o mestre Rorion Gracie. Para quem não conhece, Rorion foi o criado do famoso UFC, além de ser o sucessor de seu pai, o já falecido, mestre Hélio Gracie. As palavras do mestre me incentivaram à conhecer a o Jiu-Jitsu. Graças à indicação do amigo Pablo Castellani, ingressei na Gracie Niterói. Lá estou há três meses aprendendo mais a cada dia com o mestre Felipinho Salles. Cabe ainda um agradecimento ao mestre Guto Vicente. Obrigado à todos vocês e saibam que é uma honra poder aprender um pouco da "arte suave". Oss!

Nas extremidades, os mestres Guto Vicente e Felipinho Salles. Ao meu lado esquerdo, o amigo Pedro Rozina. Foto: Gracie Niterói.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Trago a boa nova.


Por culpa da falta de tempo, farei esse post curto mas bem direto. Graças a Deus me recuperei de algumas lesões que me encomodavam e me deixavam para baixo - em especial a do ombro esquerdo. Tendinites, dores aqui, dores lá, a gente passa a lidar com elas. Voltei aos treinos na última segunda-feira (12) na Centro de Escalada Limite Vertical e hoje retomo os treinos de jiu-jitsu na Gracie Niterói. E para fechar, na próxima quarta (14), volto aos treinos de corrida na F21 Assessoria Esportiva, realizado na Praia de Icaraí, também em Niterói (RJ). Essa animação toda em voltar aos treinos é fruto de um final de semana todo dedicado à escalada. Escalei sábado (10) e domingo (11) na Pracinha de Itacoatiara. No sábado repeti o ''sit down start'' do Envergadura de Alá, V8, ainda apreensivo quanto as dores do meu ombro. No domingo retornei mais confiante e fui tentar um projeto bem legal no bloco do Rising. Espero que em breve possa trazer mais boas notícias. A vibe não pode parar. É bom estar de volta. A vida é sincera.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Entre trampos e ''tacs''.


Desculpem a ausência nas últimas semanas, mas esse é o preço quando se trabalha em produtora: tempo para nada. Muita coisa boa aconteceu nesse período que estive ausente. E sem dúvidas, uma delas foi o FEST 11, realizado pela 4Climb na cidade de Igarapé (MG) no feriado. O lugar é simplesmente incrível. Preciso falar das pessoas? Nó! Ô povinho bão, sô! O que mais me chamou atenção em Igarapé, é que trata-se de uma área completa de escalada: boulders, vias esportivas e vias tradicionais. Por ser uma área de boulder relativamente nova, ainda existem muitos boulders para serem aberto. E quando eu digo ''muito'', leia-se ''pra caral&*%!''. Por ter sido realizado às vésperas de um feriado (15 de novembro), a viagem pelo belo estado das Minas Gerais estava apenas começando. Depois de Igarapé, foi a vez de conhecer os boulders da Serra da Piedade. Mais uma vez me surpreendi com a qualidade dos boulders. E olha que não conheci nada em relação ao que o local tem para oferecer.

Mas nem só de notícias boas vive um jornalista escalador. Durante a viagem de Igarapé, por passar dois dias dormindo mal dentro de uma barraca, desenvolvi dores muito fortes na lombar e no pescoço - que acabaram por prejudicar meu rendimento nesta trip. Voltei para o Rio e comecei um tratamento no Instituto Kioshi & Makoto de Terapias Orientais. Após 3 sessões estava novo! Pronto para voltar aos treinos, certo? Então era hora de finalmente terminar as obrar no CT da Família Buscapedra. Passamos alguns dias indo ao muro e finalizando. Aparando as aresta, literalmente. O primeiro muro, do quarto, ficou pronto na semana passada e resolvemos abrir os primeiros boulders do CT. Eis que... TAC! O ombro vai para casa do Carvalho! Desde então não encosto a mão em resina e tão pouco, em pedra.

Essas últimas semanas foram dedicadas à recuperação. Amanhã tem mais uma consulta com o Kioshi e tenho certeza que em breve estarei na ativa novamente. Mais tarde, realizarei um post falando sobre o lançamento dos módulos.

Post ao som de Groundation - Here I Am.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Manhã Mais Saúde.


No próximo sábado (5) será realizado na Praia de Icaraí, em Niterói, o "Manhã Mais Saúde". O evento que acontecerá das 8h às 12h, contará com um café-da-manhã balanceado, avaliação física, alongamento, massagem, shiatsu e orientação nutricional para os presentes. As inscrições já podem ser feitas no stand da F21 Assessoria Esportiva (localizada na Praia de Icaraí entre as ruas Álvares de Azevedo e Pereira da Silva). O evento será aberto ao público e está sujeito à lotação. Não percam. Dá para participar e ir direto para a escalada depois. Fica a dica aí, galera! A realização é da F21 Assessoria Esportiva.
Cartaz do evento. Foto: Divulgação F21.

Post ao som de Metallica - Sad But True.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Mais um lançamento da 4climb: Boulder Pack.


"A 4climb está sempre trabalhando para trazer melhorias na sua escalada. Já conheceu o novo produto da 4climb? Chegou a Boulder Pack, sua companheira de novas cadenas! A Boulder Pack é bem prática e possui o tamanho perfeito. Com ela você pode levar tudo que for necessário para garantir suas cadenas! 


Pioneira por se tratar de uma mochila direcionada especificamente para boulder e para escalada indoor. Além disso, a mochila comporta materiais de escalada separadamente de roupas e alimentos. O seu design é inovador com bolsos laterais para sapatilhas, magnésio e porta escovinhas. São 25 litros no bolso central + 10 litros utilizando os bolsos laterais. 


A Boulder Pack foi projetada com o sistema Dry Comfort para oferecer conforto aos seus usuários, que consiste em uma espuma anatômica para o apoio das costas na mochila. Este conforto a mais te permitirá chegar aos boulders mais distantes e sem se desgastar. 


Todas essas vantagens por R$ 169,00. Disponível nas melhores lojas de artigos esportivos do Brasil. Se a sua cidade não possui loja especializada com produtos de escalada você pode conferir a mochila na Loja Virtual da 4climb com FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL. O que você está esperando para adquirir a sua?

Para dúvidas ou sugestões entre em contato.
4climb@4climb.com.br ou 31 30235565"

Post ao som de System Of A Down - B.Y..O.B.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

"Nú, fi! Rokaz Bloc 2011 foi doido dimais da conta!"


Foi exatamente com esse espírito e, principalmente, com esse sotaque que sai da Rokaz, depois da 4ª edição do Rokaz Bloc - realizada no último sábado (15). A viagem de ida foi ótima, sai da cidade de Nova Friburgo (RJ), sexta-feira (14) às 8h da manhã junto dos fortes escaladores locais, Eric Teles e Pedrinho Soares. Chegamos à capital mineira por volta das 14h e, imediatamente, tratei de ir conhecer o melhor ginásio de escalada de Minas Gerais - e um dos top 3 do Brasil na minha opinião. Guiado pelo patriarca da família Ouriques e meu conterrâneo, Everton, conheci toda infraestrutura da Rokaz. Depois de um belo banquete, digno de restaurantes 5 estrelas, para comemorar o aniversário da Aline, era hora de dormir e concentrar para mais uma competição.

O campeonato consistia em um festival. Onde cada atleta poderia escalar qualquer um dos mais de 50 boulders aberto pelo route-setter, André "Belê" Berezoski. Os boulders tinham duas pontuações - flash e trabalhado - e estavam divididos por cores: preto com branco, prata, vermelho, azul, verde, amarelo e braco - do mais difícil para o mais fácil, respectivamente. Seriam contados apenas os 5 boulders com maior pontuação de cada atleta. Por falar em atletas, o Rokaz Bloc contou com mais de 100 competidores. Minha estratégia para o festival foi ótima. Não me cansei e ainda me classifiquei bem, em 6º lugar. Já nas finais, vacilei e não pude entrar no terceiro boulder. Perdi uns pontinhos mas fiquei na 6ª colocação mesmo.

O pódio ficou assim: 1º) Jean Ouriques (BH); 2º) Juan Ouriques (BH); 3º) Gustavo Veiga (BH); 4º) César Grosso (SP); 5º) Pedro Soares (RJ). Infelizmente os finalistas do Masculino não puderam ver a mulherada do Máster apertando na final. Mas o pódio ficou da seguinte maneira: 1ª) Thais Makino (SP); 2ª) Patrícia Antunes (BH); 3ª) Maíra Villas-Boas (BH); 4ª) Tatiana Caloi (SP). Fazendo uma média matemática envolvento "qualidade dos boulders", "qualidade e quantidade de atletas", "meu desempenho" e "organização", o Rokaz Bloc 2011 foi o melhor compeonato que participei até hoje. Parabéns aos vencedores, à todos que participaram e aos que, de alguma forma, tornaram esse evento possível.

Antes de finalizar o post, gostaria de agradecer algumas pessoas. À toda família Ouriques por todo o carinho e atenção dados à mim desde a minha primeira ida à BH em 2000. Ao Daniel Mendes e ao Felipe Alvaresn da 4Climb, pela receptividade e por bancar minha estadia durante esse final de semana. Ao Eric Teles e ao Pedrinho Soares pelo excelente papo que tivemos durante a viagem de ida à BH. Ao Neto, da Verticale, pela agradabilíssima viagem de volta. Ao Kioshi, do Instituto Kioshi e Makoto de Terapias Orientais, pelo trabalho de recuperação de mais uma lesão. E é claro à todos meus amigos e amigas de BH e do resto do Brasil que passaram a vibe durante o festival. Em breve disponibilizarei algumas fotos do campeonato.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Rokaz Bloc 2011.


Confesso que estava morrendo de saudades de competir. Desde 1999 participo de competições e esse ano só competi uma vez - e mesmo assim em maio. De qualquer forma esse jejum de seis meses chegará ao fim no próximo sábado (15) quando realizarei minha primeira participação em um dos campeonatos de boulder mais importantes do Brasil, o Rokaz Bloc. O evento, que acontece anualmente na academia de escalada Rokaz, em Belo Horizonte (MG), contará com a presença dos melhores escaladores do país. E o Rio não podia deixar de marcar presença. Junto-me aos friburguenses Pedrinho Soares e o atual campeão brasileiro, Eric Teles para partir rumo à capital mineira em busca de bons resultados. Após um mês de treinamentos médios - voltando de uma lesão -, nada melhor que uma competição para ver como estou de fato. Competição no estado mineiro pra mim são as melhores: gente boa, vibe incrível, grandes amigos. Tenho certeza que o evento será de primeira. Espero trazer boas notícias na próxima semana. Boa sorte à todos os competidores.

Cartaz da 4ª edição do Rokaz Bloc. Arte: Rokaz.

As inscrições para a 4ª edição do Rokaz Bloc podem ser feitas até o dia 15, às 13 horas, pelo telefone (31) 2535-9800 ou pelo e-mail rokaz@rokaz.com.br. A 4Climb é uma das apoiadoras e a Verticale patrocina o evento.

Post ao som de Dezarie - Most High.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

4Climb + Verde


A 4Climb já se consolidou no mercado nacional e vem se destacando constantemente ao trazer ações sempre inovadoras e apoiando atletas e eventos dentro do Brasil. E desta vez não poderia ser diferente. A empresa mineira traz agora uma campanha visando a preservação do meio ambiente.


Texto: 4Climb.
"Junte 5 embalagens de magnésio 4climb e receba grátis um Kit Cadena. A 4climb trabalha com produtos que geram maior eficiência na escalada. Acreditamos que podemos unir a constante busca pela eficiência de nossos produtos com a preservação do meio ambiente! Criamos para você a campanha '4climb +verde'. Cada dia que passa percebemos o quanto meio ambiente precisa de nossa ajuda. Foi pensando nisso que surgiu a idéia da campanha '4climb + Verde', que tem o intuito de conscientizar os escaladores do consumo de produtos industrializados e o destino que são dados para as embalagens, deixando-os mais ligados nas questões ambientais. São pequenas ações individuais que transformam o mundo e constroem um futuro melhor para todos! Quando você for usar o seu magnésio 4climb não jogue fora as embalagens, nós queremos te ajudar a dar um fim responsável para esta embalagem.  Junte 5 embalagens de magnésio 4climb envie pelo correio para o endereço da 4climb e receba grátis um Kit Cadena. A campanha tem início no dia 01 de outubro de 2011 e a duração é por tempo indeterminado. 

As embalagens arrecadadas na campanha serão entregues para reciclagem de materiais plásticos ASMARE localizada em Belo Horizonte. Um projeto ambiental e social que incentiva moradores de rua e catadores de lixo para a conquista da cidadania. Para participar é fácil: - Junte 5 embalagens de super chalk, chalk Ball ou chalk block. - Envie pelo correio as embalagens juntamente com seus dados pessoais (Nome completo, E-mail, Telefone para contato, Endereço completo). - Endereço de envio para 4climb: Av. José Cleto, 261 loja 03 / Bairro Santa Cruz / Cep: 31155-290 / Belo Horizonte-MG. - O prêmio será 1 Kit Cadena GRÁTIS, o equivalente a 1 super Chalk, 1 Chalk Ball, 1 Chalk Block, da 4climb. - As embalagens enviadas deverão estar em bom estado de conservação (elas tem que estar inteiras, não poderão estar pela metade ou faltando pedaços). - É necessário ter pelo menos uma embalagem de cada um dos produtos (super chalk, chalk ball ou chalk block)

 4climb + Verde! Participe dessa campanha você também! Precisamos da AJUDA DE TODOS para fazer essa campanha acontecer e tornar as ações relacionadas a escalada sempre que possível vinculada ao bem estar do meio ambiente. Toda e qualquer dúvida sobre a campanha pode ser direcionada para o email  4climb@4climb.com.br  ou telefone 31 3023556"
Post ao som de Faith No More - Epic.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Rotina Rock in Rio.


"Maravilhoso!". Não acho outro adjetivo para caracterizar o Rock in Rio 2011. 7 dias de muita música em um lugar mágico. Desses sete, em três marquei presença: nos dias 24 e 29 setembro e 1º de outubro. Foram dias muito bem aproveitados dentro da Cidade do Rock, sempre na companhia do caçula da Família Buscapedra, Pedro Gomes. Assistimos à mais de 30 show no total. Podendo destacar como os que vão ficar pra sempre em minha memória o do Red Hot Chilli Peppers, Capital Inicial, Concerto Sinfônico Legião Urbana & Orquestra Sinfônica Brasileira, Stevie Wonder, Baia e Coldplay. O Rock in Rio é hoje o maior evento de música do mundo e isso deve ao visionário - porque é isso que ele é, e não um mero empresário -, Roberto Medina. O evento foi incrível, sem tirar nem pôr. Sentirei saudades dos rolezinhos pela Rock Street, as caminhas pela Av. Olof Palme até a Salvador Allende e até dos Big Rocks do Bob's. Mas o que mais vai me fazer falta será passar pelos portões da Cidade do Rock para curtir mais um dia repleto de diversão e paz.

Na companhia de amigos em mais um dia na Cidade do Rock. Dia 1º de Outubro. Foto: Guilherme Taboada.

Mas como sugere o título deste post, o evento me proporcionou uma rotina bem diferente. Treinos duros durante as semanas e ao final delas, uma maratona de dormir tarde. Mas os treinos têm rendido bastante no Centro de Escalada Limite Vertical ao lado de alguns monstros da escalada nacional como Fábio Muzin e Felipe Assad. Os treinos estão sendo realizados às segundas, quartas e sextas-feiras a partir das 17h30. Quem estiver afim de dar um treino é só aparecer. O CELV fica na Rua Bambina, 141, em Botafogo, Rio de Janeiro. Prevendo esses finais de semana do Rock in Rio, resolvi dar um gás em três semanas para tentar recuperar o tempo perdido com a lesão no tornozelo. Ao termino desta semana, retornarei à alguns projetos que deixei pendentes na rocha. O objetivo do próximo final de semana será conhecer o novo setor de boulder da Urca. Para isso, conto com a colaboração de São Pedro. Estamos juntos, Pedrão!

Post ao som de Baia - Habeas Corpus.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Conheça melhor o Chalk Ball da 4Climb.

O Chalk Ball da 4Climb. Foto: 4Climb.

Confesso que eu tinha uma certa dificuldade para recarregar o meu Chalk Ball. Recentemente a 4Climb disponibilizou na internet um vídeo explicando como funciona o sistema de recarregamento do Chalk Ball. Confira abaixo o vídeo e o texto explicativo. Parabéns à 4Climb por mais essa iniciativa.

"A 4climb surgiu com o intuito de trazer novidades e produtos de qualidade que favoreçam a desempenho dos escaladores. Um desses produtos é o Chalk Ball, pode-se dizer que este produto engloba as seguintes qualidades (praticidade / economia / durabilidade). O Chalk Ball é uma bolinha feita com tecido de alta porosidade que permite a saída do magnésio pelo tecido até as mãos do escalador com muita praticidade, basta o contato da bolinha com as mão que o magnésio já se fixa sem qualquer esforço. Este tipo de sistema além de economizar evita o desperdício do magnésio.

Este produto foi pensado e desenvolvido com o intuito de otimizar sua escalada, o seu sistema de ajuste permite que ele seja aberto e fechado com muita facilidade e para recalibrar sua bolinha indicamos a utilização dos granulados do Super Chalk ou até mesmo com pedaços do Chalk Block, desta forma evita a bagunça além de facilitar o procedimento para recalibrar a bolinha. O tamanho da bolinha é compatível com qualquer saco de magnésio e você pode encontrar o Chalk Ball em vários pontos do Brasil, tudo isso por um preço muito acessível.

O magnésio 4climb pode ser encontrado nas melhores lojas de artigos esportivos do Brasil. Veja a loja mais próxima de você. Mas se você mora no interior ou não tem facilidade de ir até uma loja pessoalmente conheça a Loja Virtual da 4climb e aproveite as promoções com Frete Grátis. Esta condição é válida para todas as compras feitas dentro do nosso site com valor acima de R$ 50,00, neste caso oferecemos FRETE GRÁTIS para todo o Brasil.

Contato:
31 30235565

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Polêmica: Problemas.


Pegando um gancho com a cadena realizada pelo caçula da Família Buscapedra, Pedro Gomes, do problema "O Anarquista", v8, gostaria de colocar uma visão minha em relação às polêmicas envolvendo os boulders denominados de "problemas". Se você não é do Rio provavelmente não entenderá muito essa cultura de "essa agarra não vale". Não é comum ver "problemas" fora dos domínios cariocas. Particularmente não gosto de escalar lances assim, mas penso que os problemas são úteis se forem visto como treinamentos.  Mas caso você não tenha preconceitos em escalar e o seu objetivo é único e exclusivamente subir as pedras, então é bom que esteja ciente do que vale ou não naquele determinado "problema" para não dar mais problemas! Esse tipo de boulders são mais facilmente encontrados na Urca (RJ) e, em alguns pouquíssimos casos, na Pracinha de Itacoatiara, em Niterói (RJ).

"O Anarquista" é um desses raros casos. O lance segue uma linha reta, com delimitações de agarras que não estejam neste trajeto. Logo após fazer o primeiro movimento - um dinamico bem forte para um reglete bom -, você junta e troca as mãos nessa agarra para seguir adiante. Porém, ao lado desse reglete tem um agarrão que pertence ao boulder "O Ditador", v7. Um princípio básico dos "problemas": o que não vale para as mãos, não vale para os pés. Fica mais fácil de entender, quando raciocinamos como se estivessemos fazendo um boulder em um muro onde há muitas agarras. Bom, sendo assim, as cadenas do "O Anarquista" que foram realizadas com a ajuda do calcanhar nesse agarrão não foram em vão. Essa nova linha chama-se "O Hipócrita" e está graduada em v7 - já que com o uso do calcanhar direito o crux volta a ser somente o movimento inical de saída.

O texto acima externa apenas a minha opinião (Caio Gomes), não sendo ela uma verdade absoluta e estando ainda sujeita e aberta à debates visando a padronização desse tipo de escalada.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Pedro Gomes e mais um v8.


Quando estamos treinando muito, demoramos um pouco para ver os resultados. Sendo assim, quando não estamos treinando, os resultados quase não aparecem, certo? Certo, se você não for o caçula da Família Buscapedra. Sempre foi assim com Pedro. Quase uma regra! Durante os treinos, as cadenas pareciam teimar em não sair - acredito que isso seja fruto de uma cobrança maior por parte do atleta durante esses períodos de dedicação aos treinos específicos. E foi nesse clima contrário de cobranças e de treinos que o escalador niteroiense de 18 anos encadenou mais um v8 no último sábado (17). Desta vez, trata-se do forte "problema" "O Anarquista". O boulder localizado na Pracinha de Itacoatiara (Niterói, RJ) já contou com cadena de fortes escaladores como o Jean Ouriques (MG) e "Carlera" (PR), que confirmaram seu grau em v8.
Pedro Gomes no dinâmico inicial - movimento mais difícil do boulder. Foto: Caio Gomes.

O problema consite em 6 moves bem fortes - sendo o primeiro o mais concentrado -, e mais alguns moves faceis de domínio. Digo que trata-se de um "problema" por haver delimitações de agarras respeitando uma linha reta e óbvia. A denominação "problema" sempre gerou muitos problemas e merece um post só dela. Mas voltemos à cadena do Pedro. Em seu log-book do site 8a, Pedro diz que  estava parado nos treinos e que já tinha entrado no boulder diversas vezes, e em alguns momentos, em melhor estado físico, mas sem sucesso. Porém, dessa vez foi diferente. Pedro isolou o crux muito rápido e na quarta tentativa do dia, saiu a cadena. "Agora me senti leve, saiu tranquilo!" descreveu o caçula. Parabéns irmão, quem estava no momento pode presenciar uma escalada segura, tranquila e exata, ou seja, perfeita! Sem erros e com uma imponência na execução dos movimentos. Incrível, parabéns mais uma vez. Que venham os v9's agora!

Post ao som de Dezarie - Fya.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Oficialmente de volta.


Na noite da última terça-feira (13), retornei oficialmente aos treinos. Desta vez, tive o prazer de  treinar no murinho caseiro do Neto, com ele e o Martino (Verticale). E hoje tem mais treino no Centro de Escalada Limite Vertical. Como dito anteriormente, no último sábado (10), após um período de 15 dias parados devido à uma lesão, resolvi colocar a mão de novo nas pedras. A finalidade daquela tarde de escalada na Pracinha de Itacoatiara, além de aliviar a secura, era fazer algumas fotos para enviar aos meus patrocinadores. Graças a ajuda do meu irmão, Pedro Gomes, as fotos ficaram excelentes. Pedro há alguns anos vem se dedicando à fotografia, mais especificamente às de escalada, tendo inclusive realizado o curso de Fotografia da Universidade Estácio de Sá - onde atualmente encontra-se no 2º período da faculdade de Publicidade. O caçula da Família Buscapedra já estagiou em um estúdio de fotografia onde apurou ainda mais suas habilidades. Lembrando que o trabalho do Pedro pode ser visto com mais detalhes em seu Flickr. Confiram a seguir o resultado de uma agradável tarde de fotografias na Pracinha de Itacoatiara.

Tijolão Upgrade, v9. Pracinha de Itacoatiara, Niterói (RJ). Foto: Pedro Gomes.

 Tijolão Upgrade, v9. Pracinha de Itacoatiara, Niterói (RJ). Foto: Pedro Gomes. 

Rising From The Vala, v4. Pracinha de Itacoatiara, Niterói (RJ). Foto: Pedro Gomes. 

Aresta, v0. Pracinha de Itacoatiara, Niterói (RJ). Foto: Pedro Gomes.

Aresta, v0. Pracinha de Itacoatiara, Niterói (RJ). Foto: Pedro Gomes.

Kriptonita, v10.  Pracinha de Itacoatiara, Niterói (RJ). Foto: Pedro Gomes.

Post ao som de Blind Melon - No Rain.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Preparem-se para o Sumba Boulder!

Texto: Yuri Hayashi

"O Sumba Boulder é um evento que vem para marcar mais uma etapa dentro da história da escalada em São Bento do Sapucaí/SP, cidade referência nacional para as diversas vertentes do montanhismo. Point marcante em eventos e festivais de escalada, SBS sempre teve o Boulder em destaque e sempre foi apresentado um novo point a cada edição do extinto Blox. Nos últimos três anos a modalidade de Boulder se consolidou na região, onde foram abertas novas linhas e marcantes conquistas para a evolução do esporte. Com o Sumba Boulder 2011, a apresentação de um novo e revolucionário point para SBS é de extrema importância para a cidade, comunidades locais e escaladores.

 Cartaz de divulgação do evento.

Este evento conta com a realização de uma edição inédita de desafio em forma de competição, com a diferença de que os boulders serão na rocha. Para a realização deste evento, contamos com o trabalho voluntário da comunidade de escaladores, que está a três meses trabalhando na limpeza dos blocos, bem como na manutenção de trilhas de acesso, croquis e vias. Também agradecemos aos nossos apoios que acreditam neste projeto e na escalada no Brasil. Sem eles este evento não seria realizado.



Como o segundo semestre é marcado por vários eventos e festivais de escalada, escolhemos os dias 1 e 2 de outubro. Esperamos todos vocês para prestigiar mais um evento em SBS e contribuir para a evolução do nosso esporte. Faça sua inscrição clicando aqui."

Post ao som de Sublime - Badfish.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Boas notícias e Boulder Pack 4Climb.

Diferente do último post, dessa vez tenho duas notícias boas. Após 15 dias com pé imobilizado com uma bota e com o fim do tratamento com gelo, estou quase recuperado de uma lesão causada por uma queda que resultou no estiramento dos ligamentos do tornozelo esquerdo. O anti-inflamatório também já foi suspenso. As dores não encomoda tanto, mas ainda sinto uma fisgadinha quando toco ou pressiono o local do estiramento. Essa semana volto ao muro para escalar de leve e movimentar um pouco o pé. No último sábado (10), fiz uma visita na Praça mais querida do Brasil com o caçula da Família Buscapedra, Pedro Gomes, para matar a saudade. Faziam mais de 20 dias que não calçava uma sapatilha. Resolvi escalar alguns boulders fáceis para não correr risco de cair e machucar de novo. Sinto que em breve estarei 100% e trazendo boas notícias.

Outra notícia boa é o lançamento da Boulder Pack da 4Climb. Com um tamanho e distribuição perfeita, a Boulder Pack permite que o escalador carregue seu material, suas roupas e alimentos em compatimentos separados. Para isso foram criados 2 bolsos: um para pequenos objetos e o outro para sapatilhas com local para guardar as escovinhas. A mochila possui um espaço de 25 + 15 litros, pesa apenas 0,7 kg e pode ser encontrada nas cores vermelho com preto, e cinza com preto. Outras qualidades da Boulder Pack são costas com espuma anatômica (Sistema Dry Confort), ampla abertura em zíper, alças de mão e bolso interno para pequenos objetos. A Boulder Pack é feita em 100% de Poliéster Acronal e tecidos transpiráveis (Mesh). Para adiquirir é mais fácil que v0. Basta entrar no site da 4Climb e comprar. Lembrando que o frete é grátis para todo o Brasil.

Modelo vermelho com preto. Foto: 4Climb.

O detalhe de um dos bolsos laterais. Este destinado à sapatilha e escovinhas. Foto: 4Climb.

O detalhe do bolso lateral no modelo de cor cinza com preto. Foto: 4Climb.

A Boulder Pack é muito confortável. É possivel ver como ela molda às costas do escalador. Foto: 4Climb.

Nas costas o Sistema Dry Confort. Foto: 4Climb.

Post ao som de Chris Brown feat. Busta Rhymes & Lil Wayne - Look At Me Now.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Tenho uma notícia boa e uma ruim. Qual vocês querem primeiro?

Como a boa é muito boa e a ruim não é tão ruim, vou começar pela ruim. Durante o 7º Festival da Pedra Rachada que foi realizado nos dia 22 à 24 de julho, sofri uma queda no boulder "Projeto Sabará" v12 e lesionei o tornozelo. Na hora doeu um pouco mas a vontade de escalar era maior e eu não liguei muito para a dor. Desde então vinha escalando no sacrifício - ou seria na burrice?. Porém a dor voltou com força total. Para piorar a situação na tarde do último sábado (27), durante as obras no CT da Familia Buscapedra, sentir uma forte dor na região da lombar que me obrigou a procurar um ortopedista na noite da última segunda-feira (29).

O Dr. Márcio, da clínica Artro, em Icaraí - bairro da zona sul de Niterói (RJ) -, diagnosticou a dor na lombar como muscular. O problema realmente era com o tornozelo. Segundo o doutor, a lesão trata-se de um estiramento nos ligamentos do tornozelo do pé esquerdo, mas que de acordo com ele não é nada tão grave e recomendou que eu imobilizasse por duas semanas e fizesse uso de anti-inflamatório e gelo (3x ou mais por dia) por um período de 7 dias. Mas já já estou de volta.

Mas vamos falar de coisas boas. Saiu o vídeo do I Festival de Blocos em Salinas realizado nos dias 6 e 7 de agosto. O filme foi dirigido pelo Ricardo Cosme e contou com a assistência de direção do Angelo Gomes, assistência de edição da Raquel Guilhon, legendas do Cláudio Brisighello e a identidade visual do Daniel Portugal. Um filme feito por escaladores para escaladores. Eu particularmente adorei o filme, uma linguagem bem legal, na minha opinião, um dos melhores filmes feito pela Granito Filmes de Pedra. Confiram abaixo o filme e tirem suas próprias conclusões. Os comentários sobre o filme podem ser feito aqui mesmo no blog. Obrigado.

I Festival de Blocos de Salinas [HD] [en] from Granito [filmes de pedra] on Vimeo.

Post ao som de Black Alien & Speedfreaks - Krishna, Budá, Jesus ou Alá?

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Como foi I Festival de Blocos em Salinas 2011 e Video.

Não tinha como ser diferente. O I Festival de Blocos em Salinas 2011 realizado no último final de semana (6 e 7) foi incrível. Tudo ocorreu como o planejado, inclusive o cronograma foi seguido à risca. Durante o evento rolou uma competição, que esquentou e acelerou o ritmo dos escaladores presente. Foram mais de 50 boulders cotados de v0 à projetos bem difíceis. Ao final dos dois dias de competição no feminino, a escaladora carioca Ana Alvarenga, foi a grande campeã deixando para trás as fortes escaladoras cariocas Raquel Guilhon em segundo e Camilla Porto em terceiro. No masculino o escalador friburguense Leandro Nogueira se consagrou o campeão do festival, seguido pelo também friburguense Pedro Soares e pelo niteroiense Pedro Gomes. Isso mesmo, Senhoras e Senhores! O caçula da Família Buscapedra abocanhou o terceiro lugar. Pedro se demonstrou muito raçudo e motivado durante a competição o que obrigou os marmanjos a acelerarem o ritmo das cadenas.

Sérgio Tartari realizando a premiação do pódio masculino. Pedro Soares, Leandro Nogueira e Pedro Gomes. Foto: Vericale.

Ao final do primeiro dia de escalada, no sábado (6), conheci um projeto localizado no setor do André, porém só pude dar duas entradas porque já estava escurecendo e eu estava morrendo de fome. Precisava de um banho quente e um bom rango. No domingo (7), após uma noite inteira de tosse, garganta doendo, levantei para encontrar a equipe da Verticale para o segundo dia competição. Mas no fundo não era isso que eu almejava para aquele final de semana. Após mandar um projeto localizado também no terreno do André no sábado (6), cotado em v8 - mais com a possibilidade de sair mais de baixo ainda -, senti falta de entrar em um projeto bem difícil, pelo simples sabor da conquista.

Tenda da Verticale com a premiação e brindes para o sorteio. Foto: Vericale.

E foi exatamente isso que fiz ao levantar. Decidi que era hora de voltar ao projeto que havia tentado no dia anterior sem êxito. Retornei com meu pai e mais dois crashs e dei inicio ao trabalho de movimentação. Após insitir errôneamente em um movimento, recebi um beta proveniente do Patriarca da Família Buscapedra que simplificou a movimentação e que culminou na minha cadena. Xarope, V10! Mesmo com uma tosse forte e carregada, consegui voltar de Salinas com mais uma cadena. Parabéns à Verticale, Sérgio Tartari e André Khüner e aos demais apoiadores do evento por mais esse sucesso. Abaixo o vídeo da cadena (assistam com som e em HD).



Post ao som de Tyler The Creator - Yonkers.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

I Festival de Blocos em Salinas.


Você não está ficando louco. É exatamente isso que você leu. Será realizado no próximo sábado (6) e domingo (7) o I Festival de Blocos em Salinas. É, cara, Salinas. Onde tem os 3 Picos. Mas é que em função das fortes chuvas que atingiram a região serrana no início do ano, alguns blocos rolaram e as margens do rio se ampliaram, com isso, um novo setor de blocos surgiu. Além da apresentação do consagrado escalador Sérgio Tartari de suas escaladas no Salto Angel e no Pillar Casarotto, o evento contará com uma pequena competição na rocha. Cerca de 50 lances já foram abertos. Haverá ainda sorteio de crash-pads, corda, baudrier, capacetes e sapatilhas. Sem dúvidas, esse será um dos melhores eventos já realizados no Estado. Não percam. Para maiores informações, acesse o site da VERTICALE.

Post ao som de Sublime - Right Back.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Climb Trip: Sabará (MG).

Mais um festival se aproxima. Desta vez trata-se do 7º Festival da Pedra Rachada, que será realizado na cidade mineira de Sabará - localizada à 17km da capital, Belo Horizonte. E em mais uma oportunidade a comunidade de escaladores de todo Brasil irá colocar o pé na estrada para mais um final de semana de muita escalada e festa. O festival será realizado nos dias 22, 23 e 24 de Julho e é mais uma organização da 4CLIMB. Em abril deste ano tive o privelégio de conhecer "uma parte" dos boulders do local. Desta vez, acompanhado pelo caçula da Família Buscapedra e pela amiga Glauce Ibraim (conhecida como "Mozão"), pretendo conhecer a segunda parte da logística desenvolvida pelos mineiros e diretores da 4CLIMB, Felipe Alvares "Kbeça" e Daniel Mendes "Danizin".



Dessa vez meu ficarei minhas forças em um único boulder: o "Projeto Sabará" v12. Pretendo é claro conhecer outras linhas, mas quero me dedicar única e exclusivamente à ele. O trio embarcará na sexta-feira (22) bem cedo e a chegada na capital mineira está prevista para as 8h00. E é claro que a escalada começa na sexta mesmo. Ficaremos acampados em um sítio próximo dos boulder e concentrados para as cadenas. Boa sorte à todos que vão tentar seus projetos.



Para maiores informações sobre lugar para ficar, como chegar e croqui dos boulders, visite o blog da 4CLIMB.

Post ao som de Sublime - Right Back.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Test Climb: 4Pad (Crash Pad 4Climb).

Durante o Ubatuboulder 2011, realizado no último final de semana nos boulder do Pontão da Praia da Fortaleza em Ubatuba, litoral norte de São Paulo, realizei o test climb dos novos crash pads da 4Climb e gostei muito dos resultados. Primeiro, o visual do crash é demais. Em segundo lugar o acabamento é, na minha opinião, um dos pontos mais incríveis do produto. Fivelas e feixos muito bem desenvolvidos, que permitem um fechamento rápido e prolongam a durabilidade do crash. Outra característica marcante é o fato dele ser uma peça única, sem dobras ou quinas. Com uma capa resistente, o crash pode ser arrastado em superfície de terra e pedras sem problemas.
4Pad. Foto: 4CLIMB.

A minha primeira impressão foi incrível. Logo no primeiro dia de uso, saiu a cadena do "Cracolândia" v12. Tenho certeza que esse crash, assim como os outros produtos da 4Climb, já vêm com a vibe da galera. Além de um material de segurança, o crash virou agora meu pé-de-coelho. E é claro que ele embarcará comigo rumo à Sabará (MG). Mas essa é uma história para um outro post. Obrigado 4Climb por estar presente nos momentos mais importantes do climb nacional.

Post ao som de Sublime - Don't Push.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Vídeo: Cracolândia v12 (HD).

Inexplicável. Pode parecer contraditório, mas essa paroxítona resume perfeitamente o que senti ao dominar aquele bloco no Pontão da Praia da Fortaleza. Para não passar em branco, resolvi fazer um videozinho bem simples mas que consegue passar tudo o que passei nesse um mês de trabalho no "Cracolândia". Decidi aproveitar esse post para fazer um agradecimento especial à três pessoas: Pedro Gomes, Luana Riscado e Glauce Ibraim. Digo "especial", porque esses três estiveram presentes durante todas as minhas entradas e todas as minhas trips para Ubatuba. Eles acompanharam meus fracassos e me motivaram nos treinos. E é claro, estiveram lá me dando força desde o chão até eu descer para comemorar com eles. Obrigado de coração. Assistam em HD (720p).



Cabe ainda, é claro, agradecimentos também especiais à pessoas que ouviram meus "choros" pelo Facebook, como é o caso do João Ricardo, Raphael Gibara, Rodrigo Albano "Purga", Kaio Lupone "Tikai", Luiz "Mineiro". À pessoas que me acompanharam em algumas idas ao Pontão como Lyno Ferraz, Blanco e Tati, Robertinho, Manga, Rodrigo e aos amigões Jorge, Fininho e Kira! Obrigado de coração galera. Amo vocês.

Post ao som de Sublime - Right Back.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

O melhor Ubatuboulder da história.

“Motivacional”. “Incrível”. “Histórico”. Todos os adjetivos anteriores resumem de forma fiel como foi o Ubatuboulder 2011. Justiça seja feita: muitas outras qualidades poderiam ser atribuídas ao evento mais tradicional da escalada esportiva e um dos mais importantes dentro da escalada nacional.

Adoto a frase que ouvi na noite do último sábado (9), da boca do amigo Beto Ferragut: “Estou muito orgulhoso de toda a galera”. Realmente. Quando digo que o evento foi “motivacional”, quero dizer que todos que estiveram presentes no Pontão da Praia da Fortaleza deram o seu máximo. Justifico dessa maneira o adjetivo “incrível” empregado anteriormente. Foi realmente incrível ver toda a galera apertando com força todas as agarras dos boulders.

No primeiro dia do evento, cadenas de expressão foram realizadas. A manhã do sábado estava mesmo inspiradora. Logo no começo, o caçula da Família Buscapedra, Pedro Gomes, encadenou dois v7 sem fazer muita força: o “Olho de Peixe” e o “Dois em Um”. Ainda deu tempo do “Gominho” mandar clássicos como “Pezinho” e “Trailer”, ambos v4. Mais tarde o forte escalador de Campinas, Beto, encadenou um dos boulders mais difíceis do Pontão: o “Bakanas” v13. Não satisfeito e não demonstrando nenhum sinal de cansaço - o que configurou uma cadena sólida e confortável -, Beto desceu e resolveu entrar no “Cracolândia” v12. Simples assim. Mais um v12 no bolso.

Na escalada utilizamos o termo “abrir a porteira” para se referir ao ato de um escalador encadenar um boulder e os demais encadenarem na sequência. Então, o Beto “abriu a porteira”. Logo depois foi a vez do Miguel “Esteban” Osório, um dos mais fortes escaladores carioca, mandar o “Cracolândia”. Com a vibe incrível da galera, foi impossível não fazer o mesmo. No terceiro pega do dia, finalmente consegui realizar uma escalada perfeita e mandar o mesmo v12. Sim, senhoras e senhores: eu mandei o “Cracolândia”!

E as cadenas não pararam por ai. O campineiro, João Ricardo, encadenou, depois de uma escalada precisa, o clássico “Carlinhos in the House” v12. É o segundo v12 para o “Jão” no Pontão. A noite caiu mas a pressão da galera parece que só aumentava. Graças a 4CLIMB, foram instaladas no Pontão as “vibes”, como são chamados os refletores. Por falar em 4CLIMB, o diretor administrativo da empresa, Felipe Alvares “Kbeção”, encadenou o mais do que clássico “Mau do Nome” v9. A diretoria estava animada. O também diretor da 4CLIMB, Daniel Mendes “Tio Dan”, mandou no mesmo dia o “Cracó” v9. Quando a noite começava a ceder espaço à madrugada, era chegada a hora da galera festejar. Muita música com um violão. “E muita bebida” está implícito, certo?

Quando todos achavam que o domingo seria dedicado a ressaca e a preguiça, eis que a galera mais uma vez surpreende. O escalador carioca Daniel Lustoza, conseguiu realizar seu objetivo da trip: encadenar o “Mau do Nome” v9. Bom, como tudo o que é bom dura pouco, era chegada a hora de ir embora. Tenho certeza que esse foi o melhor Ubatuboulder da história. Em breve disponibilizarei fotos e ainda mais dois posts. Aguardem. Obrigado a todos os amigos presentes que fizeram parte de um dos melhores finais de semana da minha vida.

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Última chamada: Ubatuboulder 2011.


Chegou a hora galera. Nos dias 9 e 10 de julho acontecerá mais uma edição do Ubatuboulder, no Pontão da Praia da Fortaleza, em Ubatuba (SP). O blog da Família Buscapedra já tinha dado o primeiro aviso e agora, com a aproximação do evento, estamos alertando mais vez para quem não viu lugar para ficar e não sabe como vai chegar em Ubatuba, essa é hora. Vamos agitar os bondes. Lembrando que tem muita gente vindo do Rio de Janeiro, de São Paulo, Belo Horizonte, Campinas e até de Fortaleza. É o Brasil se reunindo em prol do climb no litoral norte de São Paulo.


Mais uma vez a 4Climb estará presente, ajudando na organização do evento mais antigo da escalada esportiva e um dos mais clássicos do Brasil. Além de muito som durante a escalada, haverá night climb com direito a refletores para embalar a galera noite a dentro. Como o incentivo ao nosso esporte está crescendo, vale mencionar que além da 4Climb, outras marcas estão apoiando o Ubatuboulder 2011. São elas: Conquista, Adrena, Evolv e Thomé Climber Jóias. Esperamos a presença de todos vocês. O último aviso: se você tem problemas com Bullying, a organização do evento aconselha que pense bem antes de ir. Brincadeiras a parte, tenho certeza que o evento será um dos melhores feitos até hoje. Até lá. Se cuida, Edgar!

Post ao som de Baia - Quando Eu Morrer.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Sobre motivação e amizade.

Há algumas semanas venho me empenhando para encadenar o boulder "Cracolândia" v12, no Pontão da Praia da Fortaleza, em Ubatuba - litoral norte do estado de São Paulo. Mas infelizmente após duas viagens dedicadas somente à ele, a cadena não veio. Sei que devemos aprender com as dificuldades que a vida nos impõem, por isso, mesmo sem encadenar esse boulder estou aprendendo tanto com ele. Aprendi que é preciso estar sempre motivado independente do resultado. Aprendi que os amigos de verdade estão sempre do seu lado para te apoiar quando você abaixa a cabeça e diz que não dá. Esses são os principais responsáveis pelos nossos sucessos. Esse post serve para mostrar que após duas semanas seguidas no Pontão voltei de lá com algo melhor que um V12: amigos de verdade.

Desencanando um pouco do "Cracolândia" e tentando o "Dia D", v11. Foto: Pedro Gomes.

Outra coisa bastante interessante que aconteceu no Pontão durante a última ClimbTrip foi a postura madura do então caçula da Família Buscapedra, Pedro Gomes. Após cair na última agarra do "Uréia", o v8 mais difícil do Brasil, ele desencanou. Viu que era uma questão de tempo e decidiu se divertir nos boulders mais fáceis para acompanhar a galera que estava com a gente na viagem. Confesso ter ficado surpreso com essa postura tão madura. E após refletir muito, vi que era exatamente isso que me falta: desencanar e me divertir mais. Me cobrar sempre - e muito -, mas sem perder o prazer. Obrigado galera que fez com que eu sempre estivesse motivado durante essas últimas trips: Blanco e Tati, Glauce, Luana, Purga, Ana, Pedro, Rodrigo, Lyno, Kaio, Manga e Robertinho. Além é claro dos amigos que mandam a vibe e os betas de longe como o João Ricardo. Obrigado galera!

Pontão visto da Praia da Fortaleza. Lugar mágico. Em breve estaremos lá de novo. Foto: Pedro Gomes.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

"Eu quero um ano de magnésio 4Climb grátis"

É somente isso que é preciso dizer para você concorrer à essa incrível promoção da 4Climb. A seguir, veja como é fácil participar:
1) Tire uma foto sobre escalada com um dos produtos 4Climb na foto (super chalk, chalk ball, chalk block ou 4pad)
2) Entre na página da 4Climb no Facebook e clique no link de "Curtir".
3) Poste no mural da 4Climb a foto com a seguinte frase: "Eu quero um ano de magnésio 4Climb grátis".

O prêmio será um ano de magnésio grátis, ou seja, 12 pacotes (200g cada) do Super Chalk 4Climb. O concurso, que iniciou-se no dia 22 de junho de 2010, será finalizado no dia 31 de agosto de 2011. Vale ressaltar que post deverá ser feito exatamente como descrito acima, ou seja, é obrigatório que a foto tenha pelo menos um produto 4Climb e o participante deverá ainda curtir a página da 4Climb no Facebook, caso contrário, a participação não será validada.

Simples, não é? Em caso de dúvidas, entre em contato: 4climb@4climb.com.br. O regulamento completo pode ser encontrado clicando aqui. Boa sorte a todos.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Climb Trip: Ubatuba - A revanche.

Isso mesmo. Mal voltei de Ubatuba, não consegui nem comentar como foi a última trip para os clássicos blocos do Pontão da Praia da Fortaleza e já estou regressando mais uma vez. Infelizmente o meu principal objetivo não saiu. Cai 5 vezes para subir o pé, que eu considero ser o último move do "Cracolândia" v12 - afinal, depois acredito que não cairia mais. Então, mais uma vez, me dedicarei somente à esse boulder. A viagem foi incrível. Estavam presente na casa os amigos Kaio Lupone, Purga, meu irmão e a mais famosa dupla de Sampa, Manga e Robertinho. Após um longo dia de escalada no sábado (18), decidimos curtir a noite, o Festival de Jazz em Paraty (RJ). Foi sensacional. A atração principal da noite foi o grupo Playing For Change. A noite acabou de manhã quando fomos dormir às 6h00 do domingo (17). Apesar de tudo, neste último dia de viagem tive minha melhor entrada. Estou animado e motivado para voltar nele.

Caio Gomes trabalhando o boulder "Cracolândia" v12. Foto: Pedro Gomes.

Pedro também terá que voltar para encadenar seu projeto. O caçula da Família Buscapedra está batalhando o boulder "Uréia" v8. Sem dúvidas, na próxima entrada sai. Pedro está sólido e tem realizados os movimentos com exatidão. O que complicou as nossas cadenas foi a falta de pele. Desta vez o bonde será formado, em sua maioria, pela galera do Rio. Agradeço à galera de Sampa pelo final de semana maravilhoso, a verdadeira Terapia do Riso. Valeu demais, galera. Vamos nos reunir mais vezes! E espero voltar deste feriado com boas notícias. Boa escaladas à todos neste feriado. E dirijam com cuidado nas estradas.

Post ao som de Baia - Eus.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Climb Trip: Ubatuba.


Nem acredito. Esperei por tanto tempo e finalmente vou voltar aos mais do que clássicos blocos de granito do Pontão da Praia da Fortaleza, em Ubatuba (SP). A previsão é que consiga sair do Rio por volta das 20h da próxima sexta-feira (17) e esteja chegando no litoral norte de São Paulo, mais precisamente na Capital do Surf, por volta de 1h da madruga de sábado (18). Mais uma vez o objetivo da trip será o "Cracolândia", v12. Vale lembrar que recentemente o boulder foi encadenado pelo escalador João Ricardo, de Campinas (SP). O escalador vem atravessando uma ótima fase. Confira abaixo a cadena do campineiro em um dos boulders mais difíceis do local.



A viagem tem tudo para ser ótima. Na noite desta quinta-feira realizei um treino leve no muro do Centro de Escalada Limite Vertical e está tudo em cima: dedos e ombros sem dores. Bom, não tenho muito o que comentar desta trip, só que estou muito motivado e tenho certeza que tudo dará certo. Não preciso pedir a vibe de vocês que sei que estarão mandando. Aproveitem o tempo bom que fará em todo o país e vamos escalar muito.

Post ao som de Mc Marechal - Sangue Bom.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

As coisas são assim.

Pois é. Quando não é pra ser, não andianta. Na manhã do último sábado (11) acordei passando mal por volta das 5h30 da manhã. Neste dia havia combinado com um monte de amigos para tentar escalar a via "Bote Impossivel" no estilo highball, na Reserva Florestal do Grajaú (RJ). Agradeço muito à motivação fornecida pela galera, mas infelizmente minha saúde não estava legal, por isso decidi deixar para uma próxima vez. As coisas são assim. Ele sabe o que faz. Mas é como dizem alguns dos meus grandes amigos: "a vida é sincera". Agora a meteorologia não está ajudando. Mas assim que puder, agilizo mais um post aqui no blog convocando a galera de novo para ajudar na segurança e mandar aquela vibe incrível.

Mudando um pouco de assunto, trago a maravilhosa notícia de que finalmente me formei! Agora sou um Comunicólogo com especificação em Jornalismo. Na última segunda-feira (13) defendi minha monografia para a banca de professores na Universidade Estácio de Sá, no campus Niterói. O meu trabalho cujo tema é "Identidade, contrato de leitura e opinião pública: um trabalho sobre como é estabelecido o vínculo da revista trip e seus leitores através de uma análise das seção 'cartas'" foi aprovado com nota 9. Nada mal! Gostaria de agradecer à todos que me ajudaram neste período tenso de monografia. Em espercial, agradeço aos meus patrocinadores por entenderem minha ausência em alguns eventos devido à minha dediação aos estudos. Agora é partir para os boulders do Pontão da Praia da Fortaleza, em Ubatuba (SP). Mas isso é assunto para um outro post.

Post ao som de Sublime - Don't Push.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Próximo desafio: Bote Impossível V?

Há uma semana escrevi no Facebook que, em um tom de promessa, ao fim da minha monografia tentaria escalar clássica via "Bote Impossível", 10a, localizada na Reserva Florestal do Grajaú (RJ). Como promessa é dívida, no próximo sábado (11), por volta das 10h, irei tentar a via mas sem corda, no estilo boulder highball. Essa via já foi realizada neste estilo pelo escalador Daniel Hans "Coçada" há alguns anos atrás. Para tentar essa via é necessário um bom número de crash-pads. Não sei exatamente, mas arriscaria dizer que o bloco possui uns 7 ou 8 metros de altura. Na manhã do próximo sábado contarei com vibe e a segurança dos amigos para que tal escalada seja feita. Abaixo, o video da cadena do "Coçada" feito pelo Julio Blander "Juba", da Action Brasil Web Tv.



Daniel Hans Coçada encadenando a via em boulder.

Mas como a escalada nacional é recheada de polêmica, não podia ser diferente. Isso porque a via é um 10a, mas se ela for feita em boulder que grau daria? Sei que essa é uma discussão longa, então para driblá-la prefiro graduar somente depois de encadenar. V9, V10, V11, V12? Não sei! Quem puder comparecer no local para ajudar na seg e na vibe, eu ficaria muito agradecido. É isso, pessoal. Espero dar boas notícias no final de semana. Até lá.

Bernardo "Biê" experimentando o Bote Impossível de highball. Foto: Acervo Pessoal.

Post ao som de Sublime - Right Back.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Climb Trip: São José dos Campos e São Bento do Sapucaí (SP). 2ª Parte.

Após dois dias seguidos de muita escalada, era hora de curtir um pouco. Na noite do último sábado (4), rolou a "Festa na Montanha", no maior estilo festa junina, com bingo, crepes, bebidas e comidas típicas, fogueira e bandeirinhas. Mas como tudo na escalada é diferente, a festa contou com um desafio de força, sorteios de equipamentos e palestras. Às 23h30 encerrou-se a festa, mas não a disposição da galera. A turma da casa partiu rumo à famosa pracinha de São Bento do Sapucaí. Às 2h da madrugada, e em uma sensação térmica de -100ºC, era hora de voltar para casa, afinal, no dia seguinte seria o último dia de escalada da trip. Como não poderia ter sido diferente, a bagunça continuou dentro de casa, e só pegamos no sono lá pelas 4h da manhã.

Os campeões do festival: Pedro (Avançado), Luana (Intermediário Masculino), Glauce (Iniciante Feminino) e João Ricardo (Master). Foto: Lídia.

Às 10h levantamos para tomarmos café-da-manhã na Hospedaria Casarão. Após um bom papo embaixo de um dos pés de tangerina do Casarão com o Carlera e a Paulinha, era hora de ir conhecer mais um setor de boulder de São Bento: o Aranha. Chegamos no setor por volta de meio-dia e já fomos aquecer em um boulder chamado "Alice", um v4 bem legal. Após muito aquecer e alongar, decidi entrar em um dos objetivos da trip: o "Jack Sparrow" v10. Sabia que se tratava de um boulder de três movimentos esticados, com pés médios e com um bote diagonal no último movimento. O primeiro move consiste em uma saida de uma agarra boa de mão direita e média de esquerda e com o pé direito chapado e o esquerdo em um batentinho, daí explode para um reglete bem pequeno e machuquento de esquerda, sobe o pé direito em um friso e explode de novo em um agarrão longe lá na direita.


Belê encadenando o "Jack Sparrow" V10.

Estava mal de pele, mas resolvi esparadrapar os dedos e entrar assim mesmo. Para a minha surpresa, no segundo pega saiu a cadena. Fiquei muito contente! Valeu Tikai, Jão, Gibas, VG, Lídia e Pedro. Foi incrível a vibe de vocês. Daí foi só fazer um tour pelos boulders e anotar os projetos da próxima trip para o local. Ficou pendente o "Virilha Completa" V10, o "Derretidos" V10 e "O Criador" V12. Espero não demorar para voltar em São Bento. Próxima Trip: Ubatuba (SP). Veeeeeeenga!

Encadenando o boulder "Jack Sparrow" V10, no setor do Aranha. Foto: Raphael Gibara.

A viagem serviu para que eu pudesse testar mais alguns produtos. O magnésio da 4CLIMB que já tinha me dado uma resposta positiva durante escaladas realizadas no calor do Rio, reagiu maravilhosamente no frio. Passava o magnésio uma vez a cada duas entradas. O clima seco contribuiu ainda mais para um grip perfeito. A sapatilha Katana, da La Sportiva, ainda está durinha. Para boulders de reglete, onde precisei me apoiar em pequenos frisos, ela atendeu as minhas expectativas. Já nos boulders onde precisei usar um pé mais chapado, a Solution apresentou um melhor desempenho. Aproveitando, agradeço à 4CLIMB e a Verticale por ter cedido alguns equipamentos para serem testados durante essa viagem.

Post ao som de Cartola - As Rosas Não Falam.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Climb Trip: São José dos Campos e São Bento do Sapucaí (SP). 1ª Parte.

Sabem aquelas viagens de última hora e têm tudo para serem perfeitas? Então, foi assim a trip para São Bento do Sapucaí (SP) no último final de semana. Para começar, acompanhado somente do caçula da Família Buscapedra, Pedro Gomes, sai do Rio por volta de 13h da sexta-feira (3). Primeira parada: Festival de Boulder no Purgatório - muro do escalador Pulga, em São José dos Campos. Na realidade não sabiamos que se tratava de um campeonato, fomos achando que seria somente uma confraternização. Encontramos com nossos amigos e futuros companheiros de casa: Luana Riscado, Glauce Ibraim, VG, Lídia, Raphael Gibara, João Ricardo, Luiz Mineiro e Kaio Lupone - mais tarde a gang da casa estaria completa com a chegada do Xitão.

O festival foi muito legal, contou com um bom número de competidores. A galera da casa representou bem demais. Glauce ganhou o Iniciante Feminino. Luana ganhou o Intermediário Masculino. Isso mesmo! Luana arrebentou e deu uma aula para os marmanjos. Pedro ganhou o Avançado, depois de 3 super-finais e o João Ricardo ganhou o Master, seguido desse que vos fala na segunda posição. O campeonato acabou em pizza e muita descontração. Parabéns ao Pulga e a todos que tornaram esse festival possível. Mas à 1h30 da manhã decidimos que era hora de encarar a estrada rumo ao nosso destino final: São Bento do Sapucaí. Após 1h30m de viagem, chegamos na casa, mas a galera só foi dormir às 5h da manhã. Acordamos as 10h para tomar o maravilhoso e famoso café-da-manhã do Casarão com a Paulinha e o Carlera. Depois foi a hora de arrumar o material e partir para os clássicos boulders do setor do Bigode.

Ao término do festival checando para ver se a pele estava boa ainda ao lado da Glauce e Luana. Foto: Gibara.

Estavam todos lá: a galera de BH, São Thomé das Letras, SP, Campinas. Todos reúnidos por um só ideal: "subir as preda e gastar os dedo tudo!". Para começar o dia bem, encadenei o "Cabelo Liso SDS" V9, e mais tarde, o Danizin, o TioDan, um dos diretores da 4Climb, encadenou também. Pedro, que parece ter voltado e está muito motivado com a vitória no dia anterior, encadenou de flash o "Gilete", v7. Luana também encadenou o mesmo boulder. Para fechar, o João Ricardo encadenou de forma sólida o "Cavanhaque", v10. Amanhã posto algumas fotos e a segunda parte da trip contando da noite de sábado (4) e o domingo (5).

Post ao som de Sublime - 5446 That's My Number/Ball and Chain.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Video da ATM 2011.

O tão esperado filme da Abertura de Temporada de Montanhismo do Rio de Janeiro 2011 saiu do forno. O vídeo, com duração de quase oito minutos, é uma produção da Granito Filmes de Pedra e quem assina a direção é o também escalador, Ricardo Cosme. O curta conta com depoimentos de André Ilha, Caio Gomes, Cintia Daflon, Sérgio Tartari e Waldecy Mathias. Vale lembrar que o vídeo é patrocinado pela Camp, Cassin, Edelweiss, La Sportiva e Verticale. Parabéns à todos que contribuíram para a realização deste filme, para mais uma ATM e para esse festival de boulder que todos sempre sonharam. Para assistir mais vídeos da Granito Filmes de Pedra, clique aqui.

Shot frame do filme. Foto: Reprodução do vídeo.




Post ao som de Sublime - Right Back.