sábado, 30 de janeiro de 2010

Diagnóstico da lesão: Dos males o menor.


Há algumas semanas atrás estaria dando pulos de felicidades por ter chegado o final de semana e, com ele, o sol! Mas, como a lei de Murphy tem me perseguido, é claro que o tempo bom só aparece quando eu não posso escalar. Pois é, continuo em fase de recuperação da lesão. Nesta segunda-feira (1), começo a fazer sessões de fisioterapia, paralelamente com o tratamento no Instituto Kioshi & Makoto Terapias Orientais. Ao total serão 10 sessões de fisio. Espero realizá-las antes do Carnaval. Com o antibiótico, a moxa e o Tiger Balm, já consigo, lentamente, abrir e fechar a mão sem dor. 

A lesão aconteceu há dez dias atrás - na quinta-feira (20) -, durante mais um treino no Escalada Indoor Icaraí. Após realizar um movimento de puxada forte em um bidedo raso em direção à uma agarra boa, senti uma fisgada muito forte no dedo que refletiu por todo o antebraço. Havia suspeitas de estiramento e ruptura parcial do tendão, mas graças a Deus não passou de uma inflamação no tendão flexor do dedo médio da mão direita. Quando soube do diagnóstico exato tive a sensação de terem tirado das minhas costas mil quilos! Acredito que ao final das sessões de fisioterapia e após algumas consultas no Instituto, postarei no blog a minha melhora!

1 comentário:

Daniel disse...

Isso ae mermão... dos males o menor...