quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Trágico acidente estraga sábado de escalada.


Como havia mencionado aqui no blog, no sábado passado (19) a Família Buscapedra visitou um dos picos de escalada mais clássicos do Rio de Janeiro: o Campo Escola 2000 - localizado na Floresta da Tijuca. Uma boa noite de sono, um café-da-manhã reforçado, o dia não estava muito quente, ou seja, tudo estava caminhando para aquele que seria um perfeito dia para escalar até o sol se pôr. 


Caio Gomes na via "Ziquizira" (10a) no C.E.2000 na Floresta da Tijuca (RJ). Foto: Pedro Gomes.

Pois é, seria! Acontece que no caminho para a Floresta da Tijuca, mais precisamente na subida do Alto da Boa Vista, tinha um motoqueiro morto no meio da pista. Segundo informações, o acidente aconteceu porque o rapaz que dirigia a moto bateu na traseira de um carro e caiu, após a queda, um caminhão que vinha na direção contrária, passou por cima do corpo do homem. A cena era chocante. Mesmo coberto, era possível ver rastros de (muito) sangue e vísceras no asfalto. Por sorte, o meu irmão estava dormindo - para variar - e foi poupado dessa cena chocante.


Caio Gomes na via "Ziquizira" (10a) no C.E.2000 na Floresta da Tijuca (RJ). Foto: Pedro Gomes.

Durante todo o dia, a imagem do indivíduo estatelado ali no chão não saia da minha cabeça. Com tal cena em mente, concentrar-me em alguma coisa foi quase que impossível. Tentei a cadena da via "Frases Feitas" (9a), mas o fator "resistência" fez a diferença. O mesmo aconteceu na via "Ziquizira" (10a), onde todos os movimentos foram isolados e a via foi feita com uma queda, mas assim como no "Frases", cai com os braços torados. Pedro também não conseguiu encadenar nada. O dia serviu apenas para uma social com amigos que eu não via há algum tempo e para uma boa sessão de fotos na via. Estarei em breve, disponibilizando o link para a vizualização de todas as fotos desse sábado na falésia.


UPDATE1: Clique aqui para acessar o Flickr do Pedro, contendo as fotos desse sábado de escalada. Dentre as fotos, cliques dos escaladores Lucas "Jah", Juliano Magalhães e Bernardo Biê nas vias "Transamazônica Sem Fim" (11?), "Migalhas Indecentes" (9c) e "Coquetel de Energia" (10c), respectivamente. Aproveitem as fotos e parabéns ao fotógrafo. (Tá mandando muito bem, Pedro!). 

2 comentários:

Parofes disse...

Que desgraça...
Muitas fatalidades sempre. Subi esta estrada de bicicleta dezenas e dezenas de vezes, sempre tomando muito cuidado.
Em tempo, parabéns pelas escaladas!
Abraços

Bernardo Biê disse...

Jah, não deixa que esse tipo de coisa influencia na sua vida novamente, principalmente na sua escalada...quando vc deixa isso acontecer, está propagando essas energias para seu mundo. Existe a lei infalível que parte do preceito que cada um têm o que merece...
Relaxa, balança o braço e tocar fi...
kamon!!!