segunda-feira, 5 de abril de 2010

Quem precisa do "mono"?


Há meses não atualizo o blog da Família Buscapedra. O motivo? A maldita monografia. Recentemente estava conversando com um amigo e cheguei a seguinte conclusão: nada que tenha o prefixo "mono" é bom. Vejam só. Monografia é uma merda - e olha que somos nós quem escolhemos o tal "tema". A monografia ou TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), como também é conhecida, ocupa nosso tempo de uma forma absurda. Mas enfim, um mal necessário. Outra palavra composta pelo prefixo bem odiada pela maioria dos escaladores é "monodedo". Ô trocinho ruim! Tem uns que gostam tanto que conquistam uma via repleta dessas coisas. E se tem um inferno na terra, com certeza é a "Action Directe" (11c).

O escalador checo, Adam Ondra encadenando a via Action Directe. Foto: Divulgação.

Um pouco de história.

Localizada na falésia de Frankenjura, na Alemanha, a "Action Directe" é uma das mais famosas vias esportivas do mundo. A via recebeu seu F.A. (First Ascent, ou, primeira ascensão) em 1991, pelo lendário escalador alemão, Wolfgang Güllich. Pelo o que se tem registrado, há no mundo apenas 11 felizardos - contando com Güllich - que colocaram a via no caderninho. São eles

  • Alexander Adler (09/09/95)
  • Iker Pou (07/06/00)
  • Dave Graham (21/05/01)
  • Christian Bindhammer (14/05/03)
  • Rich Simpson (13/10/05)
  • Dai Koyamada (15/10/05)
  • Markus Bock (22/10/05)
  • Kilian Fischhuber (25/09/06)
  • Adam Ondra (19/05/08)
  • Patxi Usobiaga (24/10/08)

A via possui uma sequência de 16 movimentos graduada em 11c (9a ou 5.14d). Porém os escaladores Dai Koyamada e Rich Simpson realizaram a cadena da via com apenas 11 movimentos. Mas o grau continuou o mesmo.

É por essas e outras que esse tal de "mono" só atrapalha nossas vidas. É um tal de monotonia, monogamia...

Post ao som de Sublime - Jailhouse.

2 comentários:

parangobongo disse...

haaa,
...monogamia!!!só pra fechar!boa

João Ricardo disse...

Um dos movimentos mais difíceis da escalada é o entalamento do vigésimo primeiro dedo sem osso no monodedo...
o outro é o entalamento do mesmo na fenda úmida...
hahahahaah....
saudades!!!!
abraços!