quinta-feira, 11 de março de 2010

Sex in the Climbing.


Eu sei que esse é um blog "familiar", mas, na minha opinião, são as duas melhores coisas do mundo. Há tempos tenho vontade de escrever sobre uma possível relação entre os dois. Duas situações me fizeram pensar a respeito dessa relação:

"Ah! Chupa!"

Na primeira viagem que fiz para a Serra do Cipó (MG), eu deveria ter meus 15 anos - no auge da puberdade. Durante um típico dia de escalada no Grupo 3, ouço um gemido feminino seguido de um berro, vindo da Sala de Justiça: "Ahhhhh! Chupa! Chupa!". Para um pré-adolescente carioca criado na cidade grande, essa frase só poderia ser dita em uma só circunstância. Confesso que tive uma grande vontade de correr para ver o que se passava. A curiosidade era grande. Mais tarde no camping, o alívio. Descobri que "chupar" é uma outra expressão usada para pedir ao "segurança" que retese a corda em caso de queda. No Sul e no Sudeste do Brasil, as palavras "retesa" e "trava" são as mais utilizadas.

"Trepas?"

Outro caso bastante inusitado que contribuiu para que eu começasse a relacionar, de forma engraçada, o sexo com a escalada, ocorreu na Urca (RJ) a um tempo atrás. Fui abordado por uma senhora, aparentando seus longos e bem vividos 60 anos, enquanto caminhava pela pista Cláudio Coutinho. Vendo-me com a "mochila de escalador", a senhora pergunta-me se eu "trepava" muito na pedra. Aquela pergunta ficou ecoando na minha cabeça. Num primeiro momento bateu uma dúvida se tratava-se de uma senhora pervertida ou se a pobre velinha apenas tinha se expressado mal. Mas depois desencanei e fui escalar. Confesso-lhes que a imaginação foi fértil em relação à praticar tal atividade na rocha...

O fotógrafo Dean Fidelman registra a essência da escalada através de um nu artístico. Foto: Dean Fidelman.

Uma dica: Afim de celebrar as formas do corpo humano, capturando a essência do espírito da escalada, o fotógrafo Dean Fidelman, do site STONE NUDES, registra escaladores e escaladores, de todas as modalidades, como vieram ao mundo. Nem preciso dizer que as fotografias são de muito bom gosto. Zero de vulgaridade. As fotos - todas feitas em p&b - ressaltam as curvas humanas, sem perder o foco no esporte. Vale a pena conferir.

1 comentário:

joao ricardo disse...

aqui em casa todo mundo fala que eu trepo...... hahahahah...
e estranho falar: "mãe, to saindo pra trepar...."
mas.....
tem coisas que so a escalada nos proporciona....
e quando a primeira escalatriz me mandou "chupar"... "chupa, joão, chupa!"....
confesso que fiquei indeciso...mas....acontece!
hahahaha...
abraços!!!!!